sexta-feira, 31 de agosto de 2012

É MELHOR TE MAGOAR COM UMA VERDADE DO QUE TE ILUDIR COM UMA MENTIRA

Percebi durante esta semana que muita gente que chegou a sair comigo não tem me procurado mais, achei que pudesse ter sido por alguma coisa errada que eu tenha feito na hora em que estávamos transando, mas não, descobri que era exatamente por eu ser sincero. Geralmente quando recebo alguma mensagem a primeira coisa que me dizem é: ‘Hiago, eu adoro seu blog e as coisas que você fala dos outros’. Aquilo que eu digo pimenta no cu dos outros é refresco, quando a pessoa chega a me procurar comenta dizendo ser um “fã” e ter muita admiração, quando acontece de sairmos e termos relação e que depois posto no blog as situações, digo somente a verdade, nada mais que a verdade e a pessoa fica ofendida pelas coisas que cheguei a falar.
Em meu outro blog quando comentava de alguém, eu sempre escondia alguma coisa que tinha acontecido, principalmente se a pessoa foi educada comigo, chegava na hora não tinha a coragem de escrever algo ruim que tenha feito e pra não magoar ficava quieto na minha, só que hoje em dia neste blog, eu resolvi abrir o jogo e fala tudo não somente sobre eles, mas sobre minha pessoa também!
É aí que eles não aceitam as coisas que chego a escrever, e quando vê algo que eu tenha dito sobre ele (algo ruim) acho que não esperava que fosse fazer isso, e quando me manda e-mail, me diz: Por que você falou mal de mim? Ou simplesmente acaba perdendo aquela admiração que tinha por mim.
Coisa normal. Da mesma forma que não agrado a todos que saem comigo (por que ninguém é perfeito) o que eles fariam? Não me procuraria mais, não é? Então, sabendo que eu posto às coisas no blog, não tem o porquê ficar bicudinho por eu ter revelado alguma coisa ruim que tenha feito.
Da mesma forma que eu conto a um amigo íntimo das coisas que faço como muita gente tem o costume de fazer, eu acabo dividindo isso com todos os (não sei quantos) leitores daqui, tá certo que muita gente pede provas como fotos das situações que vivo. Aí fica difícil, pois se as pessoas procuram um GP será somente por descrição e não pra ter que me ouvir ou ouvir algum outro GP falando: Posso tirar uma foto do meu pau no seu cu pra postar no blog? Não rola. Seria legal, mas o cliente tem sempre razão, e se não quer fazer, não insisto. Claro, tem uns mais atirados, que querem a todo custo “aparecer”.
Mas eu acho bobeira isso, chegar a ficar putinho por eu dizer a verdade. Já teve várias fodas em que não me saí bem, na verdade não rolou química e no final os dois, tanto eu quanto ele chegamos ao acordo que não foi legal, e nem por isso fiquei criticando ou me lamentando por isso. Um dia a gente perde, mas no outro a gente ganha. Se bem que num desses dias em que saí com um cara, fomos ao motel e comi o cu dele, estava tão largo que não tive problema na hora de enfiar meu pinto nele, socava, metia e nem uma reação ele tinha, quando me dei conta ele tinha dado uma gozada sem graça sem nem ao menos me esperar. Ele sim tinha uma cuceta. Não nos lamentamos pela foda mal dada, e sim nos curtimos muito, pois acabamos dando risada da situação e fazendo amizade.
Resumindo: parem de se lamentar e veja o lado bom. Pelo menos ficou sabendo de como é na cama e ganhou uma dica em que melhorar.
Leia Mais ►

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

PAPO DE CLIENTE: MEU PAU FEDE DEPOIS DA PUNHETA - COMO LAVAR SEU PÊNIS

Um cliente acaba de sair daqui com uma dúvida esclarecida, ele comentou que de todas as vezes que se masturba seu pinto fica fedendo. O que chega a ser quase normal, isso claro quando depois da masturbação não lavar o pinto como deve ser feito, não da forma “porca” de ir ao banheiro e colocar o pinto na pia e jogar água por cima dele (já vi e fiz muito isso), mas cair debaixo do chuveiro e lavar com sabão, assim evita aquele cheiro que dá depois da punheta e principalmente que junte “sujeira” em volta da cabeça.

FICA A DICA:
Além de ter um pênis grande e ativo, é ideal que o instrumento esteja sempre limpo. Além da higiene, a limpeza é fundamental para evitar o câncer de pênis que causa 1.000 amputações do membro por ano só no Brasil. Abaixo seguem algumas dicas que podem evitar constrangimentos e até doenças.

- Se você tem fimose, busque o auxílio de um urologista o mais rapidamente possível.
- Procure usar sempre cuecas de algodão. Quando possível, dispense o uso da roupa íntima.
- Lave o pênis todos os dias com água e sabonete comum. Quando for fazer isso, puxe bem o prepúcio para trás.
- Enxugue bem depois de lavar.
- Não use pomadas ou cremes que não tenham sido passados pelo médico.
- Chacoalhe bem o pênis depois de urinar, puxe o prepúcio o máximo que conseguir.
- Se você tem mais de 40 anos, o exame de próstata é essencial de qualquer maneira.
- Grande parte dos casos de mau cheiro não vem do pênis, mas sim dos pelos pubianos. Sempre procure os deixar aparados ou cuide deles melhor.
- A princípio, deixar a glande exposta pode causar alguma leve dor. Isso não é motivo para deixá-la suja, de maneira alguma.
- Não se esqueça de também lavar os testículos.
- Tome banho sempre após ejacular, seja essa ejaculação obtida por sexo ou por masturbação.


 Fique por dentro sobre meu livro. Link: “O Diário Quase Secreto De Um Garoto de Programa” e saiba como fiz para me tornar garoto de programa e alcançar os melhores clientes.

E agora na versão digital pela Amazon. Link: "Livro do Hiago, versão eBook"


Leia Mais ►

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

O RIO DE JANEIRO CONTINUA LINDO - MORRO DA URCA: BONDINHO - PARTE 03



DEMOROU MAS CONSEGUI POSTAR UM RÁPIDO RESUMO DE MINHA IDA AO RIO.
segunda foi espetacular pois conheci mais um ponto turístico do Rio, meu amigo Favorito me convidou pra estar conhecendo mais um monumento da cidade, com certeza existe muito mais coisas do que Pão de Açúcar e Cristo, e pouco a pouco vou sabendo das maravilhas de lá.


Fomos ao morro da Urca, quando subimos de bonde, foi tranquilo, apesar  da altura me assustar fiquei preocupado com a descida pois aquele sentimento de que você está caindo me apavora e começo a me sentir mal. Lá em cima a vista é ótima, tudo muito lindo e diferente do que imaginava, só que quando observei o bondinho descendo do outro morro, achei que estava rápido demais, e tive a certeza de que eu teria problemas em descer. Medo.





 

Do segundo morro a neblina estava intensa, não deu pra enxergar nada, teve momentos em que o céu limpava, mas logo ficava coberto pelas nuvens que cobriu todo o topo de onde estava.














Minha intenção era de ir à praia, mas o tempo na parte da tarde não ajudou e começou a fazer frio. Sem praia o jeito foi conhecer mais da cidade, indo ao museu (infelizmente estava fechado por causa da greve dos funcionários) conhecer o jardim do lugar e saber da história.










FIM




Leia Mais ►

domingo, 26 de agosto de 2012

DESEJO PROIBIDO - INCESTO - DESEJO PELA MÃE

Esta conversa que tive deveria ter ido ao meu outro blog, >>>DIVÃ DO HIAGO<<< , pois a conversa foi franca.
O cliente de hoje resolveu me fazer uma confissão que me deixou de boca aberta, só que desta vez não para receber seu pinto na minha boca, mas sim,  pela surpresa e espanto que ela me causou. Depois de duas gozadas comigo, ele toma fôlego e fica quieto na cama, brincando com os meus dedos e alisando minha barriga, depois de quase vinte minutos sem dizer uma palavra, ele resolve abrir a boca e rasgar o verbo sobre um desejo que ele tem. Claramente ele me disse: “Tô com vontade de comer minha mãe”. Aquilo pra mim caiu como uma facada no ouvido, uma coisa que não daria como imaginar de tão absurdo, eu, por exemplo, nunca passou e nem passaria, sonharia ou qualquer outra coisa em minha mente em ter algo com minha mãe, ao ver meu espanto ele me explica os motivos. Desde pequeno sua mãe se “insinuava” pra ele, ficando de calcinha perto dele e até mesmo fazendo “brincadeiras” como o masturbar e falar muitos palavrões envolvendo seu pênis, e com o tempo isso foi ficando gravado em sua cabeça e agora tendo a maior idade, acabou tendo esse interesse pela sua mãe. Sempre que pode ele observa tomando banho e diz se masturbar tocando várias punhetas por dia em sua homenagem.
Ele achando que por eu ter tido relação com um número tanto bom de pessoas, eu poderia ajudá-lo a conseguir que transasse com sua mãe, ele queria que de alguma forma eu chegasse nela e “fizesse sua cabeça” pra que ela aceitasse.
Um dia recebi o seguinte e-mail: “somos uma família, mãe, pai, filho e filha. Todos mantêm relações sexual sendo o pai comendo a filha e o filho comendo a mãe, gostaria de saber se está a fim de participar de nossa festa?”. Tá certo que vontade, cada um tem a sua, mas ao ler isso foi o suficiente pra que eu ficasse enjoado e passando mal de tanto nojo, por ser uma coisa inaceitável pra mim.
Ele chegou a procurar ajuda em psicólogo, mas quando chegava à porta do consultório, voltava, pois não teve a coragem de se revelar a um desconhecido que poderia o internar alegando loucura. Isso me fez lembrar mais uma situação em que soube, mais um e-mail de um rapaz jovem que tinha atração pela sua avó, no e-mail ele me conta que esperou sua avó dormir, pegou as roupas de seu avô e deitou na cama, fingindo ser ele e aproveitando da situação, acabou comendo a sua avó, e foi um fato que ela não descobriu.
Fiquei com pena deste meu cliente que precisa de ajuda, mas nem eu sei como isso deve ser feito. Se fosse um desses loucos da vida, com certeza teria pegado sua mãe a força e transado com ela. Ele comenta esse fato chorando, e percebi que acaba se excitando quando imagina violando sua mãe. Sem comentários!


Leia Mais ►

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

SEXO: DOIS AMIGOS - PERDENDO A VIRGINDADE

Antigamente não era de se espantar caso encontrasse alguém com vinte anos de idade e ainda virgem, hoje em dia acabou virando moda e as pessoas acabam perdendo a inocência mais cedo até do que deveria, mas existe um ou outro que chega a serem até mesmo quase pessoas “velhas” que ainda não perderam o Celinho na bunda ou o cabaço do pinto. Dois amigos, um de 19 e o outro de 20, se conhece desde pequenos e se deram de presente uma trepada com alguém que entenda do assunto e que não iria rir ao comentar serem virgens, quando me procurou agora pela manhã, achei que a intenção era de uma festinha (mesmo não estando a fim), mas não, por serem tímidos e com vergonha por serem virgens, acharam melhor fazer um de cada vez, enquanto um estava aqui no meu AP o outro ficou na portaria esperando, pra não deixá-lo mofando lá em baixo estipulei uma hora para cada um, assim não ficaria tanto tempo na espera.
O primeiro sobe, tem 20 anos, alto bonito e com certeza tem muitas garotinhas e mulheres dando em cima dele, o clima fica meio tenso sendo sua primeira vez no sexo e também com homens, a amizade dele com o outro me fez lembrar meu amigo de infância, sempre dividia as coisas com ele, sendo o único, a saber, de tudo e participar de algumas de minhas aventuras, fiz com ele a mesma coisa que estes garotos fizeram sair em grupo para uma diversão e perder o cabaço. Já teve amigos que chegaram juntos e quando sozinho comigo confessava ter sido sua primeira vez, e me pedia que não comentasse com seu amigo, por vergonha achando que assim, perderia a fama de “fodão”. Ele fica meio sem saber o que fazer, comigo já deitado na cama, ele fica de pé ao meu lado, olhando o meu computador que estava ligado tocando música. Começo bem devagar, pegando pelas mãos e fazendo-o sentar na cama, fico em pé na sua frente e ensino como se pega num pinto de verdade, a maioria acaba me masturbando de uma forma agressiva, e não me dá tesão e nem chega a ser bom, coloquei sua mão sobre meu pinto, o fazendo segurar e apertar um pouco abaixo da cabecinha, e disse “agora faça assim”, movimentos leves e apertando com pouca força.
É estranho ensinar um homem a arte da masturbação, coisa que tenho quase certeza que ele pouco faz. Depois de me punhetar, vi que seu pinto estava duro, o volume imenso que aparecia dentro da calça não deixava esconder o seu interesse, ele agiu como um heterossexual, que só queria mesmo uma brincadeira sem penetração. Mas não rolou essa, ele cai de boca no meu pinto e começa a chupar com gosto, sua boca é pequena, incomodou um pouco quando me chupava, parecia estar chupando uma laranja e não comendo uma banana (como deveria ser) pedi que abrisse mais a boca, e passasse a língua pela cabeça do meu pau, bem em cima na pontinha, sabendo fazer bem feito, dá muito tesão. Ele estava limpo, cheiroso e tudo do jeito que gosto, percebi que ele quando vai ao banheiro pra urinar mesmo, tem o costume de secar a cabeça do seu pau, percebi isso, pois na hora em que fui chupá-lo, tinha um pedacinho de papel grudada na cabeça, foi daí que tirei a conclusão que ele seca depois de urinar. Comigo o chupando, tive que tomar cuidado, a ansiedade faria com que gozasse rápido, e não era isso que queria. Chupei com calma até que ele me diz: quero te comer!  Opa demoro! Pego a camisinha, coloco com cuidado fico deitado na cama e ele vem por cima, não deu outra, quando colocou a cabecinha dentro de mim, veio o gozo, gemidos fortes e um ar de que foi uma sensação maravilhosa ter gozado. Ele me pede desculpas, disse que não aguentou segurar, por mim tudo bem, pelo menos vi que foi um aluno aplicado.
O segundo e seu amigo tem 19 anos, moreno, corpo definido e um pouco mais sacana, ficou esfregando seu pinto em mim, batendo no meu peito como se quisesse fazer uma espanhola, pode? (risos). Sua intenção ali foi somente uma, ele queria meter e experimentar o proibido. Nunca tinha passado pela minha cabeça de ficar tirando virgindade de marmanjo, parecia que estava ali somente para tirar cabaço ou fazendo papel de médico e operando fimose. Com ele a pegada é mais intensa, estava empolgado e fez o serviço direito, me comeu duas vezes sendo que uma delas acabou gozando na minha boca.
Tentei comer sua bundinha, quando colocava a cabecinha ele pulava fora, estava apertado como se ele estivesse “trancando” para não ter passagem, não forcei a barra, ele me pede que goze na portinha de seu cu, obedeci.
Leia Mais ►

terça-feira, 21 de agosto de 2012

MEUS FETICHES: PENTELHOS




Esse meu pentelho me excita!



Desta vez vim falar de um fetiche que eu tenho e é uma coisa comum em todos, a grande maioria tem, mas com uma diferença, nem todos ficam bem com eles. Já conheci muita gente com vários tipos de pentelhos e pra confessar uma de minhas taras, pessoa com pelos no saco chega a ser um fetiche pra lá de excitante para mim. Tem aqueles que são tão peludos que chega a dar nojo, parecem que estão sujos por ter muito cabelo lá em baixo, mas quando vejo esses pelos em outras pessoas (pessoas que combine) me da um tesão do caralho ver aquela cabeleira. Principalmente na hora de chupar, ficar esfregando a cara no pentelho ou os sentir espetando seu nariz quando está chupando alguém é ótimo, mesmo limpo, dá pra sentir aquele cheiro de homem brotando daquela parte.
Melhor mesmo são pessoas totalmente lisas, peito e bunda, mas com o saco peludo. Isso sim é tara! (como disse, nem todos ficam bem).
Outra parte também é quando alguém me chupa que fico observando meus pentelhos roçando no rosto deles, eu sempre tive o costume de aparar, mas depois que comecei a pegar gosto por eles, deixei o meu crescer e fazer um teste, pra ver como fica e acabou me agradando e por incrível que pareça, aumentando o meu tesão.
Já me ofereceram dinheiro para sair comigo com ele raspado, já fiz uma vez e foi pra nunca mais, fica muito feio, depois disso que comecei a aparar, pra ficar mais bonitinho.



Leia Mais ►

PRIMEIRO CLIENTE DO DIA: RAPIDINHA

Com pouco tempo para cuida da casa (mas não vivo na bagunça) e por ter dispensado a faxineira do prédio de limpar meu apartamento, acaba ficando na maioria das vezes com uma “baguncinha de homem” aquela coisa normal que todo rapaz faz, de deixar toalha em cima da cama, roupas jogadas pelo chão e por aí vai.  Numa dessas acabo sempre me deparando com alguém querendo marcar um encontro comigo, e eu na maior correria acabo agilizando e tentando disfarçar a bagunça que deixo. Assim tenho tempo livre de atender o primeiro cliente do dia.
Ele chega abafado e sem muito tempo para ficar comigo, estava em seu trabalho e me liga querendo dar uma passadinha aqui em casa para me ver (comer). Como estava de serviço ele teria menos de uma hora para ficar junto de mim, seria o tempo de chegar, tirar a roupa, treparmos e ele cair fora. E foi assim.
Seu trabalho é perto de casa, em menos de vinte minutos ele consegue chegar até aqui. Entra e tiramos a roupa. Ele se deita na cama e começo a chupá-lo, seu pinto estava mole e aos poucos ia crescendo na minha boca, quando vi que estava em ponto de bala, peguei a camisinha e encapei o “bicho”. Lubrifiquei com creme corporal, não sabia onde estava meu KY, e como não poderia perder tempo em procurar, vai no creme mesmo. As vezes sinto falta de sair com ele, agora que está casado fica mais difícil pois seu namorado controla sua vida em tudo, e sei também que este namoro não vai durar muito, ele é galinha e não é de hoje que saímos juntos, e de todas as outras vezes mesmo estando namorando, mantinha relação comigo. Depois de um tempo, ele terminava e aí sim, ficava bem mais fácil de ficar com ele quase que todos os dias.
Depois de me comer numa rapidinha (mais uma vez) desta vez não era por causa de seu “amor” e sim trabalho, ele acaba gozando me comendo de ladinho. Foram poucas metidas, mas com força.
Leia Mais ►

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

RESUMO DE UMA TRANSA RÁPIDA: CLIENTE UNIVERSITÁRIO

Sem muito tempo para escrever, fiz um rápido resumo:
Hoje foi a terceira vez que fiz programa com ele, só que desta vez não precisamos ir até o hotel onde eu batia cartão todos os dias, e acabei trazendo aqui pra minha casa. Nos divertimos e brincamos muito juntos, ele começou fazendo um strip para me animar, ainda bem que foi ele quem fez, pois eu não sou muito bom nessas coisas de me despir dançando para alguém me observar. Depois que ficamos bem animados, comecei a chupá-lo até ele gozar na minha boca. Melhor ainda quando ele resolve dar a bundinha pra mim, cavalgando com muita fome em cima da minha pica.
Nesse vai e vem fiquei sem gozar, não por falta de vontade, mas estava “segurando” o gozo, queria aproveitar mais tempo e sentir o tesão com este cara. Ele, pelas minhas contas acabou gozando umas três vezes, querendo caminhar para a quarta, só que não aguentou e acabou dormindo deitado em cima do meu peito.
Quando acordou, ficou sem graça, viu que tinha perdido a hora e estava atrasado, não era casado, mas tinha compromisso com a escola, estava na faculdade e antes de pegar nos estudos, resolveu aliviar a tensão comigo. Acho que deu certo, pois além das gozadas deu pra ele tirar um cochilo, comigo observando e dando risada da cara dele, dormindo de boca aberta com a mão dentro da cueca.


Leia Mais ►

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

ME AFASTANDO DO QUE NÃO PRESTA!

Alguém sabe me explicar essa sensação que pra mim é muito estranha. Não é de hoje que paro e penso um pouco na vida, nas coisas que fiz, nas coisas que faço e nas pessoas que por ela passam, quando chega nessa parte sobre as pessoas, vem o X da questão. Um sentimento repentino de não querer saber mais de “certas” pessoas, por simplesmente não confiar nelas, ou simplesmente não gostar mais, mesmo sem motivos (ou com vários no meu interior guardado). Muita gente me chama de louco, e acha “nada a ver” misturar um problema pessoal em um blog que relata sexo. Como não tenho ninguém neste momento para desabafar, me consolo com vocês.
Não quero ficar parecendo esses velhos que só sabem reclamar da vida, mas tô cansado, buscando minhas coisas e me estressando com outras. Nisso, acabo vendo algumas pessoas que passaram na minha vida, e vejo que não fazem a menor diferença se estão ou não do meu lado. Como se fosse um cliente que veio me comeu e depois foi embora (apenas comparando). Gosto de ter pessoas do meu lado, mas nessa fase da minha vida, tenho que escolher pessoas que vão “ser útil” não querendo usar e abusar de boa vontade, mas sim de ter a certeza de que querem mudar juntos com você. Conheci um rapaz que está com um pensamento de evolução (aí eu penso, por que das pessoas que gostei não agem assim).
Sabe quando continua naquela mesma coisa, o “arroz com feijão” que falei de todo dia a mesma coisa não só vale na cama, mas no dia-a-dia também. Tenho que mudar logo, a falta de gente interessante já tá me fazendo viajar em algumas coisas, me enlouquecendo.
Acho que é isso, tento ver nos outros alguém que combine comigo,  que não seja tão covarde e fique pelos cantos cheio de “Mimi mi”.  Nesse meu caso, acho que chegou ao limite, sabe quando você aguenta tudo calado, depois de um tempo você explode, comigo está sendo assim. Cansado de paparicar gente que N-Ã-O -V-A-L-E- A- P-E-N-A e que não vai sair disso, de uma coisa simples sendo que procuro muito mais que isso.
SEMPRE GOSTEI DE AMIGOS, E MANTER AMIZADE E CONTATOS COM TODOS, MAS TEM HORA QUE NÃO ROLA MAIS, TUDO PASSA E A VONTADE DE FICAR PERTO DE ALGUÉM "SEM SONHO"  TAMBÉM PASSA. E PASSOU.
Leia Mais ►

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

O RIO DE JANEIRO CONTINUA LINDO - PARTE 2

Taí a cura para todos os males, Rio.

Teria coisa melhor do que neste momento eu estar curtindo uma praia no Rio (ah, eu curto praia a noite) ou contemplando mais uma vez alguma maravilha que existe por lá? Infelizmente não está sendo possível hoje realizar essa vontade que sinto, pelo menos vale a pena lembrar dos momentos que tive aproveitando e conhecendo pontos que fascinam.
De todas as vezes que conheci o Rio nunca tive tempo de passar no cristo. O que me deixou P da vida foi quando divulguei essas fotos em meu outro blog e acabei no mesmo dia dando uma passadinha pelo blog da Bruna Surfistinha, quando vejo seu último post veio à surpresa, ela tinha ido ao Rio e também tirado fotos do Cristo e colocado em seu blog. Muita gente me enchia o saco quando me dizia estar imitando ela na época que o blog estourou. Ver em meu site fotos do Cristo e no dela a mesma coisa, com certeza iriam dizer que estava plagiando ela. Mas foi coincidência.

As fotos foram tiradas pelo meu Favorito, que estava junto comigo no dia.
Coisa maravilhosa, eu com uma vista dessa todos os dias não teria tempo ruim






Tá vendo as pessoas com os braços abertos ao fundo? Quando estava passando perto delas, levei uns três tapas na cara quando elas iam tirar a foto assim, dei um desconto pois estavam empolgadas, com o Rio rsrs.
 





É disso que eu preciso, me mudar para o Rio e ficar numa cidade que gosto, com pessoas que gosto e fazer o que gosto, ir a praia e caminhar no calçadão. Existe coisa melhor do que sair do trabalho cansado e passar em algum lugar tranquilo e poder ficar que nem bobo vendo a lua saindo da água ou sentir aquela maresia com o vento gelado bater na sua cara? Se existe me fale que quero saber.



Leia Mais ►