28 dezembro 2013

FALA DE MIM E PENSA EM MIM 24 HORAS POR DIA.


Meu beijo de hoje vai para VOCÊ, que vive dizendo que não me suporta, mas todo dia tá visitando meu blog. Obrigado por este carinho tão grande e, por aumentar meus acessos.




Se você deixar de fazer tudo o que criticam, nunca fará nada. Então, continuem criticando, pois cada crítica feita, é uma nova meta para alcançar!!!

                    


                       


 Boa tarde. #HiagoWaldeck



10 dezembro 2013

ACORDEI SEM LEMBRAR, SE VIVI OU SE SONHEI




Vassouras - RJ


Um dia longe de casa, longe de Resende, a fim de conhecer novas pessoas e lugares, foi pra mim um dia especial. Um dia repousando em Vassouras, foi tão relaxante que, me senti como se eu tivesse tirado um mês de férias. Acabei indo para a casa do Biel, onde a intenção foi de nos conhecermos e passarmos o domingo juntos. Acabou sendo melhor do que imaginava, curtindo a vista de sua casa, contemplando a cidade e claro, nos curtindo muito.
Estava tão encantado que, em alguns momentos eu ficava quieto, desta vez não só admirado com a beleza da cidade, mas a do Biel, que é muito lindo. Em momentos assim fico pensativo, mas só atraindo coisas boas, esquecendo os problemas e pessoas que atrasam nossas vidas. Estou encantado até agora, sem palavras para expressar o que senti e vivi naquele dia. Tudo perfeito, só tenho isso à dizer.



Um dia inteiro de prazer. À noite ainda saímos para uma pizzaria da cidade junto com uma amiga dele. Cidadezinha pequena, mas que me encantou muito, parecia que estava respirando um novo ar, me deixando com muita paz. Biel me deixou bem à vontade. Dormimos juntos, conversamos bastante, namoramos... Não vejo a hora de vê-lo de novo.

Eu tinha combinado de ir para Volta Redonda, mas o pessoalzinho de lá... Bom, sei lá. Eu estava querendo alguma coisa diferente, algo melhor do que ficar em casa e passar à noite acordado o vendo dormir como todas as vezes que vou para Volta Redonda.
Biel e eu dormimos abraçadinhos, coladinhos e sarrando a noite toda. Ele gosta de falar, não parava um minuto sequer, sempre falando dele e todos a sua volta. Mostrando fotos e dando detalhes de quem são as pessoas nelas. Divertido e estranho, ele me mostra fotos de pessoas e, algumas delas, conhecidos meus. Mundo pequeno, né? Rsrs.

Sabe aquela imagem de fundo do Twitter, onde aparece a cidade iluminada ao fundo e algumas pessoas num terraço de prédio olhando? Então, à noite, na casa dele, foi a mesma coisa. Deitados no quarto, tinha a vista da cidade e, quando anoiteceu, foi outra surpresa, a cidade iluminada, com algumas casas enfeitadas com luzes de natal. Lembrava muito a tela de fundo do Twitter. Lindo!

Sou do tipo que fico encantado com esse tipo de situação. Me levar para um lugar assim, me conquista fácil.



29 novembro 2013

EU NO SITE "CURTE TUDO"


Boa tarde, amigos e leitores.

A cada dia que passa, recebo convites para entrevistas. Quem me conhece sabe, eu adoro aparecer e ser o "centro das atenções". Aqueles 15 minutos de fama que muita gente sonhou, não é mesmo? O site Curte Tudo fez um artigo muito bacana sobre mim, onde eu acabei me divertindo bastante recordando de alguns relatos que eu havia publicado no blog.

Com o título O diário quase secreto de um garoto de programa ,  ele resume de forma bem clara minha trajetória desde minha chegada a Resende até os dias de hoje. Confira! Clique >>Eu no site Curte Tudo <<

Obrigado a todos por me ajudarem a crescer cada dia um pouquinho. Obrigado a você, por me criticar e sempre me ofender achando que me prejudica, mas na verdade me ajuda.




22 novembro 2013

NOTA




As pessoas me criticam, porque criticar é a forma mais fácil de fazer melhor. Não me venham com comentários e papinhos absurdos pra cima de mim, não dou a mínima pro que dizem e pensam. Outra coisa, alguns precisam treinar mais suas desculpas quando vem de mentiras pra cima de mim. Nesse tempo que passei fazendo programa, conhecendo homens e casais, acabei aprendendo todas as desculpas que cada um dão para seus parceiros na hora de se encontrar comigo. Então, aos meus amigos, colegas e clientes que estão a fim de mentir pra mim na intenção de ganhar ou me fazer de bobo, vão ter que agir de forma bem melhor .

Você que acha que não vou ir longe, só digo uma coisa: me observe!

Boa noite #HiagoWaldeck


08 novembro 2013

PESQUISA PARTICULAR - #HiagoWaldeck



Estava fazendo uma pesquisa, quase que uma “matéria” para uma suposta teoria dos nomes. É o seguinte. Muitos afirmam que, pessoas que levam o nome de Henrique ou até mesmo Paulo Henrique, são pessoas que não prestam, pessoas safadas, sabe? Andei pesquisando relacionamentos antigos e cheguei à conclusão de que, é verdade, o nome realmente faz a personalidade e quase que o caráter da pessoa (e que Henrique ou Paulo Henrique são pessoas psicopatas).
Andei com uma campanha no Twitter #EuNãoGostoDeMarcelo, por simplesmente ter conhecido vários "Marcelos" na vida e eles terem agido da mesma forma sacana e sem noção comigo. Um dia, um conhecido me apresentou um Marcelo, até brinquei com ele dizendo que chega de Marcelo, pois ele havia me apresentado, antes desse, um outro cara com o mesmo nome. Vamos aos fatos que me levaram a tirar estas conclusões.
 

Marcelo, pra que te quero?


O primeiro Marcelo:
Cara de bom coração, me ajudou muito quando precisei. No quesito boa pessoa, ele ganha. O problema foi quando começou de mentiras pra cima de mim, coisas que só descobria quando brigávamos (quase sempre) e sem querer ele revelava o que tinha feito ou aonde foi sem me avisar. Sendo que pra mim, dizia estar em casa.

O segundo Marcelo:
Jeitosinho, eu digo que ele é aquele feio arrumado, mas que gostava e muito dele na época em que fomos namorados (ficantes, sei lá). Aquilo que eu sempre digo: “quando falo estar apaixonado por alguém, pode ter certeza de que, a pessoa não presta”. Nunca tive sorte e pra piorar, tinha que se chamar Marcelo. Ele do nada sumiu da minha vida. Não atendia telefone e deixava desculpas prontas com sua família, caso eu ligasse para sua casa.

O terceiro Marcelo:
Este já é bem mais bonito, simples e do jeitinho que gosto. Desde nosso primeiro encontro, senti uma química boa, como se fosse algo que iria durar por muito tempo. Ele parecia interessado e a fim de estar comigo, mas com o tempo, ele foi dando “prioridades” a coisas na qual eu não estava envolvido. Começou com mentiras pequenas até chegar ao ponto de eu me estressar e ficar o tratando mal.

RESUMO: Percebeu a semelhança entre todos eles? Não?!? Todos sempre agiram da mesma forma, ou seja, sempre mentindo e arrumando desculpas para fazer outras coisas escondidos. Se o nome de Jesus tem poder, acho que Marcelo, Paulo e Henrique também têm a mesma influência. Mas de uma forma negativa.

Mas os “Paulos” também não ficam de fora nessa lista.


O primeiro Paulo:
Bonito, alto, branco e casado com uma mulher fantástica. Mas nas horas vagas ele não dispensa uma pulada de cerca, sempre levando camisinha escondida debaixo do banco do carro para que sua mulherzinha não descubra.

O segundo Paulo Henrique:
Professor em outra cidade, coroa sem charme e beleza. Casado, com filhos e cheio de amantes por fora. Com ele é só pagando, pois o bicho é feio!

O Henrique:
Estava apaixonado, mas cheio de preocupação com minha vida, que na época, não andava fácil. Pedi a ele um tempo para eu me organizar e resolver situações críticas que eu passava, incluindo problemas com grana e alimentação. Ele não aceita esse “tempo” que pedi e me condena por recusar ser seu namorado. Tempos depois, ele começa a namorar e a falar mal de mim para seu namorado, que espalha a fofoca sobre eu ser garoto de programa e fazer ponto na rodoviária. Nunca mais falei com ele. Ah! Ele quando me conheceu, estava namorando outro cara.

São três nomes de pessoas que já me envolvi e não deu certo. Pessoas que, pra mim, não podem ter esses nomes, pois sei o resultado no final de tudo. Como eu disse, Paulo Henrique e Henrique são os nomes mais comuns que o povo diz ser de gente “tentada”, agora, Marcelo, eu acrescentei na lista por experiência própria.

Alguém me apoia ou é contra essa minha teoria?

#HiagoWaldeck

 

03 novembro 2013

SEU TEMPO COMIGO JÁ ACABOU FAZ TEMPO!



A última vez que nos encontramos foi há uns cinco anos atrás, mais ou menos. Lembro-me que estava quase que recém-chegado na cidade e na época, viciado em salas de bate-papo. Conheci o Luciano, cara maneiro e cheio de vida. Ele morava aqui na região e sempre me levava para sua casa, onde tínhamos nosso momento de sexo. Eu gostava dele, não só na cama, mas como pessoa. Como não é novidade, ele queria somente sexo, sem compromisso emocional, mesmo que envolva amizade. Com o passar do tempo ele se afasta, não me atende e nem responde no MSN. Ele havia sumido!

Estava na rua, andando perdido na madrugada. Acabei encontrando uns amigos de programa fazendo “ponto”. Mas não parei com eles muito tempo. Essa fase de putaria na rua, pra mim, já passou. No caminho um carro passa perto e vejo que o motorista me olhava. Eu estava andando quase que junto de uns cadetes e, na hora, achei que tivesse olhando os garotos, e não eu. Os garotos passam por mim e o carro encosta, buzinando para que vá até ele. Chego na janela do carro e já o reconheço, era o Luciano. Ele me convida para uma volta. Eu aceito. Percebi que ele não se lembrava de mim, pois começou com um papinho de “apresentação”, como se estivesse querendo me conhecer e saber sobre mim. Comecei a achar graça, pois eu me lembrava dele muito bem. Demorou um pouco, mas ele acaba se recordando de mim, lembrando da tatuagem que tenho nas costas. Elogios não faltaram, a todo o momento dizendo que eu era simpático. Hahaha, já sabia onde isso ia parar.

Acabamos indo para o motel. Antes já tinha avisado que não faríamos nada e ele concorda. Conversamos, ficamos à vontade e ele me apertando tentando me seduzir. Confesso que o tesão que eu sentia acabou na época que ele me dava “gelo”, hoje, resolvo sair só por diversão, mas não com ele e, sim, com a cara dele. Ele teve a chance, mas desperdiçou. Disse que na época estava na fase de rebeldia e hoje se encontra mais maduro. Tá, sei... Ah, como ele me elogiou dizendo que estava bem mais bonito e diferente de antigamente, há 5 anos atrás quando era magrelinho e esquisito, usei disso para me “valorizar”. Na boa, se eu estou sendo tudo aquilo que me disse, por que eu sairia com alguém feito ele? Não disse isso, mas tentei fazer com que pensasse assim.
Lado Bom: Ele queria passar à noite comigo. Eu menti que tinha visita em casa me esperando.
Lado Ruim: Não gostei de seu beijo, não gostei do seu pinto e de nada que veio dele. Teve certos momentos que começou a lamber minhas costas e eu até gostei.  Mas agora quando cheguei em casa, estava fedendo pura saliva. Que nojo!
OBS: O estranho é que, antigamente eu era apaixonado pelo seu beijo, pinto e tudo que vinha dele. Bom, isso antigamente.

 
 
Terminou numa punhetinha rápida. Não estava mesmo a fim de algo com ele. Anotei seu número de telefone, mas sem garantia de que eu vá ligar. Ele até me pediu desculpas pelo que aconteceu no passado, me garantindo ser melhor agora. Hum, acredito! Resende surpreende haha.

16 outubro 2013

CLICK...



Eu nunca havia tido contato com pessoas especiais portadoras da Síndrome de Down. Sempre soube que eram pessoas especiais, mas não sabia que, além disso, são pessoas carinhosas. Estava sentado no ponto de ônibus esperando minha condução para ir até a casa de um amigo. Do meu lado, se senta João Gabriel, um garoto de 4 anos de idade que é especial. Eu estava sério sentado, estressado por esperar tanto tempo pelo transporte. Mas minha fúria foi se acalmando quando João se senta junto de mim, pega meu braço e coloca em volta dele, querendo que eu o abraçasse. Foi um choque aquela situação, pois eu imaginava essas crianças especiais de outra forma, e não assim, tão amorosas e sendo espontâneas. Ficamos ali, sentados comigo abraçado a ele, como dois amigos. Ele estava acompanhado por uma responsável, acho que era avó que estava o levando a uma festa com crianças especiais. Que abraço gostoso! Era a demonstração de carinho que estava precisando. Gosto das minhas sobrinhas e sinto um carinho enorme por elas, mas juro, o abraço do João foi muito especial, bem mais gostoso do que o abraço das minhas sobrinhas.

Certas coisas acontecem para nos fazer lembrar de que, tudo poderia estar pior. Nada pra gente está bom, tudo temos que arrumar um motivo para reclamar da vida e de tudo que acontece, sendo que existem pessoas em situação pior que a nossa. 

 

05 outubro 2013

OI, GENTE!



Minha ausência esses dias, foi por eu ter ficado doente. Acabei comendo algo na rua que me deixou mal por dois dias. Muitos levaram a sério o que estava acontecendo comigo, mas outros acharam que uma boa surra de pica resolveria o meu problema. Coisa que eu detesto, é quando estou dizendo a verdade e aparecem pessoas distorcendo o que eu digo, como agora, pessoas a fim de vir me ver na intenção de sexo, sabendo que estou doente. Isso me “emputece!”. O Tchelo acabou vindo ficar comigo. Eu estava sem comer, ele me trouxe algo menos pesado e soro pra me hidratar.

Há muito tempo, quando dormia na casa de um carinha que eu ficava, nós sempre dormíamos com o rádio ligado ouvindo músicas. Eu achava aquilo tão gostoso, que acabou me despertando a vontade de fazer isso com alguém que eu tenha sentimentos, carinho de verdade. Parece pouco, mas são coisas assim que me fazem feliz e me deixa naquele clima de apaixonado. Parece bobo, mas é tão romântico. Enquanto ele estava aqui comigo, ele (sem eu pedir) foi selecionando músicas “deprimentes” (tristes, românticas) e as deixou tocando, enquanto eu viajava deitado em seu peito. Era o programa que eu esperava fazer com uma pessoa que eu gosto muito, mas como eu sei que ele é bem ignorante, não daria certo. Acabou saindo melhor do que imaginava, nós dois aqui, com ele cuidando de mim (na verdade tentou me matar, me fazendo comer salada). Foi perfeito, ajudou bastante pra que eu ficasse melhor. Eu tentei ir ao médico, mas nem perdi tempo em me consultar em Resende, pois sei que não seria bem atendido. Ia à Volta Redonda, mas minha coragem e corpo mole me fez ficar deitado o dia todo.

Acordei bem disposto, muito melhor e feliz pra caralho!

Bom dia, gente. Tô de volta!

29 setembro 2013

PREVISÃO DO TEMPO


A previsão hoje, era para ser um dia em que estaria falando mais sobre aventuras sexuais e quem sabe, um dia divertido. Mas algo me fez mudar. Acordei feliz, triste, não sei. Meus sentimentos ficaram confusos ao chegar no meu trabalho e sentir uma enorme vontade de dizer a todos o quanto me sinto feliz por tê-los por perto. Não sei se é carência que me bateu hoje, só sei que está bom do jeito que está. Meu jeito de agir acaba afastando as pessoas que me rodeiam, é algo que tento mudar, mas o medo de perder algo acaba me fazendo fazer besteiras.

É, acho que, o que estou sentindo hoje, é carência.

Boa tarde.

27 setembro 2013

PSICOSE DE UM GAROTO DE PROGRAMA


Eu, Hiago Waldeck, fiquei esperando a semana inteira (praticamente) ansioso para vê-lo, matar a saudade e o desejo de sexo que acabei tendo por ele. Só que às coisas não saíram do jeito que eu esperava. Estar com ele é bom, divertido, mesmo que "briguemos" e discutimos boa parte do tempo com coisas bobas, rola sentimento de carinho e um amor que me faz querer cuidar. Estava me sentindo muito excitado, sentindo falta de seu sexo, até que comentei meu desejo de estar com ele. Primeiramente, fiquei feliz que veio me ver e passar a noite comigo, mas não nego que pensei no sexo que poderia ter feito com ele. Não é prioridade, mas pra quem esperou tanto por isso, seria quase um prêmio. Não rolou o que eu esperava, logo após deitarmos e ficarmos abraçados, ele vira e dorme. Juro, fiquei o alisando na intensão de acordá-lo, mas não adiantou. Só não fiquei com mais raiva, porque ele antes de dormir me disse: "senti saudades". Passei a madrugada toda acordado, por alguns momentos irritado por não ter tido relação. Foi a mesma raiva que sentia quando namorava antigamente e o meu namorado me negava sexo. Na verdade não é raiva, e sim decepção por esperar algo tanto tempo e não ter. Se fosse em outra época, eu teria saído na madrugada, deixado ele aqui em casa dormindo e ficaria com outra pessoa. Sim, com certeza faria isso.
Lado Bom: Ah, matei a saudade e aquela "carência" por não ter alguém do meu lado.
Lado Ruim: Esperar ir embora para poder me masturbar e matar meu tesão? Ah, na boa, eu não preciso disso! Na mão, da próxima vez, eu não fico. Até minha punheta saiu ruim, não gozei do jeito que eu queria, do jeito que me deixasse relaxado e satisfeito. Ainda estou com tesão, e ele não está aqui. O que fazer? O jeito é atender o próximo da fila, porque gente a fim de verdade é o que não falta.


              



22 setembro 2013

FECHE OS OLHOS, PENSE EM COISAS BOAS E FAÇA UM PEDIDO...



Minutos antes de dar meia-noite, não parava de olhar o relógio. Parecia com pressa de completar meus 26 anos, parecia empolgado com a chegada do meu aniversário. Minutos antes, estava com aquele clima de entusiasmo de quando chega o fim do ano e você fica na expectativa contando os segundos esperando a virada. Aquela emoção que dá antes e depois do fim do ano, senti à pouco, esperando os minutos se acabarem e eu fazer o meu pedido de aniversário. Muito antes de meia-noite, eu já estava recebendo mensagens de parabéns. Sabe, infelizmente amizade, por mais que seja verdadeira, com o tempo muda. Bate a saudade, vontade de ver a pessoa novamente, mas de acordo que vão entrando novas pessoas em nossas vidas, acabamos esquecendo das outras, que fizeram parte da nossa história. Meus amigos do serviço, na hora em que saímos, me cantaram os parabéns, com direito no finalzinho da música trocar depois do "rá-tim-bum" por "pau no cu dele!". Depois da comemoração, minha amiga já muito louca, vem me dar um beijo, não no rosto, e sim, na boca e de língua. Ela estava era mais preocupada em me perguntar se beija bem do que me agradar. Tipo, acho que ela queria uma nota pro beijo dela, eu dou nota 10,00.


Depois de chegar em casa, no maior calor, tomar banho e responder algumas mensagens, resolvo sair, ir para a rua e refletir. Na boa, já era madrugada, e a única coisa que eu estava conseguindo pensar era em 26 anos atrás, na minha mãe provavelmente na maternidade de Barra Mansa sentindo as contrações e, Deus preparando o mundo para eu descer (peguei pesado). Nasci às 9 da manhã, na Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa, pesando 3k 280g e medindo 49 cm.

Curiosidade: Minha mãe sempre foi católica. Quando nasci, estava doente e ela fez uma promessa para que eu melhorasse. Enfim, depois dessa promessa, ela começou a comemorar meu aniversário no dia 27 de setembro e eu cresci com essa data na cabeça. Só depois de velho, fui descobrir que meu nascimento foi dia 22, e que a data 27 era devido sua promessa.

Ah, recebi tantas mensagens de pessoas me desejando felicidade, tanto carinho de um povo que não conheço nem a metade, mas que me deixou feliz. Na volta pra casa, encontro com um coroa muito gente boa, que acaba me levando para sua cobertura maravilhosa para comemorar meu aniversário. Ele já é de casa (ou seja, eu o conheço), muito educado e sabe respeitar. Em sua casa, ele me deu conselhos, trocamos experiências de vida e eu ouvi cada palavra que me disse, a fim de absorver tudo de bom que ele pretendia me trazer dizendo aquilo. Não bebemos, não comemos bolo, apenas conversamos. Foi exatamente o presente que eu queria, uma presença agradável nesta noite.
 




10 setembro 2013

ALTO, BONITO, SENSUAL E RICO...BEM, NÃO É O MEU CASO, MAS SOU GENTE BOA.


Não sei se isso é suficiente para deixar alguns de vocês "aliviado". Espero que pelo menos eu possa amenizar um pouco do nervosismo que muitos tem. Conheci tantos tipos diferentes de pessoas, e a que mais tem minha atenção, são aquelas que chegam até mim com vergonha, tímidos por algum defeito no corpo, cicatriz entre outros. Não tem como deixar de notar uma falha, principalmente quando eles resolvem esconder para que eu não veja. Alguns se sentem mal com isso e eu da melhor forma tento mostrar que não existe nada demais. Tive alguns clientes que eu consegui deixar bem à vontade, sem medo de mostrar o que pra eles seria algo ruim. Coisas como: calvície, queloides, traumas com pé e marcas.

Não quero ganhar créditos dizendo somente o meu lado bom e o mundo maravilhoso que o Hiago vive. Por isso tô falando a verdade que poucos assumem com medo de reações do público.

O vampiro. Não teve como não perceber o que sua genética lhe proporcionou. Não estou criticando, falando mal e nem fazendo fofoca. Estou apenas comentando. Enquanto muitos reclamam de suas bocas, dizendo ter perdido dente, ele não tem esse problema. Sua boca é cheia de dentes. Nunca havia visto isso, fiquei chocado, pois estou acostumado a ver pessoas com duas cabeças, mas não gente com dentes no céu da boca. É, ele tinha dentes que saíam do céu da boca.
Lado Bom: Um cara muito humilde. Nota 10.
Lado Ruim: Fiquei sem graça quando percebi os dentes, pois não soube disfarçar meu nervosismo ao ver.

O queloide é um rapaz moreno, corpo atlético e muito carismático. Logo de cara, quem o vê, se encanta com seu jeito gostoso e simples de ser. Seu único medo na hora do sexo é de tirar a camisa, ele por ter algumas marcas de queloides e por ser moreno, acaba destacando um pouco, deixando-as bem visíveis.
Se te consolar: Algumas pessoas andaram me perguntando se seria possível ser garoto de programa tendo algumas "deformidades" no corpo. Eu digo que, sim. Eu não sou um exemplo de beleza, quem espera um cara maravilhoso irá perder tempo, não sou nem metade e quilômetros longe disso. Não vejo problemas com queloides, sendo que é algo que eu e todos os "pretinhos" temos. Nada demais que precise se envergonhar. Então, da próxima vez, tire a camisa e corra pro abraço.

O carequinha chega falando pouco, escondendo ser quem realmente ele é. Um furacão na cama! Ele tomava muito cuidado para que seu boné não caísse. Logo de cara imaginei que fosse calvo ou simplesmente tem a mesma "doença" que eu tenho, a paixão por boné. Depois de muito beijo e esfrega, não teve jeito, acabei tirando seu boné na empolgação da nossa pegada, mostrando o real motivo de ele não tirar. Ele era calvo, e daí?
Se te consolar: Meu pai era careca, ou seja, a genética me abençoou com isso, e com o uso de boné acaba piorando a situação. Na verdade, minha história começa quando antigamente raspava a cabeça por não gostar de cabelo e gastar horas o arrumando, pois ele grande, é todo cacheado. Depois que aderir à raspagem e o uso de boné, ele foi caindo. Até achei bom, porque teria menos trabalho de todos os dias raspar. Hoje, sou careca, pois raspo religiosamente todos os dias. E sim, é a melhor coisa poder acordar sem se preocupar em pentear cabelo. Então, não precisa ter vergonha de ser careca, se não de tempo der disfarçar, vem sem medo, não tenho preconceito haha.

Pé de moça é um cara que toda vez que marcava comigo, nunca tirava suas meias. Eu até achava normal, pois eu em meus momentos de distração, sem querer tomava banho de boné. Juro. Depois de tanto sair com ele sempre de meia, resolvo perguntar. Ele sem graça, diz que seu pé é feio, e por causa de sua bota de segurança que usa no serviço, acabou deformando ainda mais, dando micose na unha.  Eu já tive chulé, micose e frieira. Normal, todo mundo tem. Por que acha que mulher anda com a unha do pé pintada? É pra esconder a micose. Eu sempre tive cuidados com meus pés, ia à manicure e tudo mais, só que durante um tempo acabei ficando sem tempo, comecei a usar botas de segurança (com biqueira de aço) e daí pronto, "ficou bichado".
Se te consolar: Também tive micose na unha e só fui descobrir quando eu estava ficando com um cara. Estávamos deitados e eu acabei enfiando meu pé na boca dele, fazendo chupar meu dedão. Ele chupou e ainda pediu bis, depois que ele viu que o dedo chupado estava com micose. Mas foi tudo normal. Ele também tinha (tô rindo enquanto escrevo isso).

O mancha é novinho, inexperiente, mas muito dedicado naquilo que faz. Ele chega com vergonha por ter uma marca de nascença. Percebi que estava com vergonha, pois ele fazia de tudo para escondê-la. Nisso, acabei fingindo que nem tinha visto e agi normalmente. Depois, quando ele se sente mais a fim de falar, ele me diz sobre sua marca que tem na mão. O sexo com ele foi tão bom, que sua mancha foi pouco perto da preocupação que eu estava sentido, querendo saber como faria para aguentar sua pica que estava me machucando muito.
Se te consolar: Ele estava com vergonha de uma mancha de nascença na mão? Nem tem motivo. Eu, quando era bebê, tinha caído de cima da mesa, quando minha irmã ainda criança achou que eu ficaria sentado. Foi uma correria, pois eu era ainda de colo e havia cortado a boca. Bom, não bato bem da cabeça e isso levo comigo até hoje. Deve ser por causa do tombo, né? Hahaha.



Hare Krishna

04 setembro 2013

EU SOU TÃO SEXY, QUE QUANDO NASCI O MÉDICO NÃO BATEU NA MINHA BUNDA, BATEU PUNHETA!




O que queres de mim?
Prazer,
Prazer,
Ou prazer?

Diga o queres que eu faça,
Podes até fingir que me amas,
Serei o que me pagares,
Para me usar umas horas.

E tudo que vier de mim,
Tu sabes, serás enganada,
Ah! Não eram seus planos?
Pois errou, ledo engano.

Aprenda a ser mais realista,
Nunca ridícula, seja artista,
Por isso para me ter, pague,
Sou do sexo, sem desejo.


No preço, não incluo beijos,
Nem usarei seus adereços.
E é proibido falar de amor,
Senão, terás meu total desprezo.

Vá, deite-se logo na cama,
Espalhe-se como uma rameira,
Eu não tenho a noite inteira,
Sou um garoto de programa.

É por isso é que eu sou caro,
Muito caro, não engano,
Esqueci do amor totalmente,

Fortuna. Meu único plano.



03 setembro 2013

SOM DA MEIA-NOITE


Nesta madrugada, minha intenção de ir para a rua foi pra tentar me libertar de situações que estão me deixando sufocado pela pressão que faz em minha cabeça. Teria sido melhor ter ficado em casa, pois não tinha nada de interessante que pudesse me deixar animado. É difícil desistir das coisas que te fizeram bem um dia, no meu caso, fazer programa. Difícil esquecer o passado, quando ele domina o seu presente
 
Não é novidade que Resende já teve noites bem melhores. Antigamente, podia se afirmar que, era um cliente em cada esquina. Hoje, mal consigo ver que são as pessoas dentro dos carros. A situação mudou. Só não sei se pra pior ou melhor. Fico observando pessoas na madrugada sozinhas tentando ganhar a vida. Situação triste, chata, sem graça... Que eu tive de passar por tudo isso.
O que não faço e tive de fazer para conseguir arrumar dinheiro. São tantas coisas pelo qual passei na vida, e tem muita gente que ainda acha que sou um mistério a ser desvendado. Minha última lembrança de uma madrugada que passei na rua, foi de um cara correndo todo ensanguentado pedindo ajuda passando perto de mim e, logo em seguida outro rapaz com um pedaço de pau na mão, correndo atrás dele, na tentativa de matá-lo. Se viesse em cima de mim, o que poderia fazer? Nada, não há lugar para onde correr, pois os demônios enxergam na escuridão. As noites de hoje estão sempre tristes, com quase ninguém nas ruas.
 

 
 

 O superdotado apareceu aqui em casa me fazendo dormir tranquilo depois de me fazer tomar leite quente. Sua pica é gigantesca, e na hora da gozada não sai nada com miséria, goza com fartura. Ficamos na brincadeira do boquete. Um chupando o outro até terminar gozando um na cara do outro. No meu caso, adoro receber sua porra na boca, sendo o único problema, aguentar o gosto azedo de seu esperma. Sua piroca é grande, mas não tive a chance de poder senti-la dentro de mim. Enquanto isso, me contento em recebê-la na boca, junto de sua gozada. O curioso é que ele gosta de deixar registrado os momentos, tipo, tirar fotos ou filmar a gozada em seu rosto. Problema seria se sua esposa descobrisse os vídeos.
Lado bom: Adoro sair com ele, mesmo que seja apenas para boquete.
Lado ruim: Ele gosta de receber gozadas na cara, mas o único problema, é quando vou gozar. Acabei gozando em pé, o que pra mim, não chega a ser confortável, pois acaba me atrapalhando um pouco. Mas não teve jeito, pois ele estava deitado.

O que aprendi sendo garoto de programa, sendo o  , foi que: O que vem fácil, vai fácil, acaba rápido e não traz felicidade.

BOA NOITE.

 


01 setembro 2013

DESCULPE SE FUI POUCO ESTÚPIDO COM VOCÊ. MINHA INTENÇÃO ERA SER MAIS


 
 
Hoje, mais uma vez, não estou bem. Estou com tantas preocupações que mal consigo dormir tranquilo sem pensar sequer numa solução para meus problemas. Tentei sair e relaxar um pouco, mas bastou ficar quieto no meu canto que meu telefone dispara a tocar! Antes fossem clientes. Eram pessoas querendo uma demonstração de sexo grátis comigo, me enchendo a porra do saco me chamando para sair. Sério, sempre que estou nesses dias de stress, me aparecem pessoas querendo perturbar a mente. Se fossem clientes, tudo bem, mas não. Quando estou mal, não adianta, não consigo e nem faço questão de ser simpático e acabo agindo na ignorância, principalmente quando eu resolvo me abrir com alguém e a pessoa sempre vem com piadas pra cima de mim, achando que vai "descontrair", quando na verdade acaba me tirando ainda mais do sério.

O idiota vive me ligando, faz questão de que eu apareça em sua casa e o coma. Não estou com vontade, por isso acabo nem indo. O problema (dele) é que, por saber que eu saio com um e outro sem compromisso financeiro, ele me trata bem, na intenção de que ele seja mais um da minha lista. Hoje ele me liga e me dá dicas de como melhorar minha dor de cabeça. Pra completar o meu quadro de stress, ele me diz que em sua casa tem um remédio ótimo para dor, que era para eu ir buscar mais tarde.
Lado Ruim: Me comprando com remédio e falso sentimento de preocupação? Vai se fuder, né!

Meu telefone não parou um minuto, e por incrível que pareça, todas as ligações foram de pessoas a fim de sexo sem compromisso financeiro. É tanta gente falando merda, que as próximas gerações vão nascer sem cu!

Meu "deosss", por quê esse povo não morre! Sério, eu curto muito uma amizade. Pena que não são todos que não conseguem entender que se eu procuro, é pra ser amigo e não ter sexo. Ele, meu ex, me procura novamente, com um papinho querendo saber se eu tô bem, e no final, pergunta se poderia ir pra casa.
Lado Ruim: Tem gente que eu não consigo discernir se é burrice ou ingenuidade mesmo. Ai, que falta me faz uma arma nessas horas.

Cara, se o Gui morrer amanhã, vou sentir dó do diabo. O cara é muito chato e vive me mandando solicitação no face. Não sei por que o povo me manda, sendo que se eu aceito, nem falam comigo. O engraçado, é que todas as vezes que me sinto assim, tão péssimo, é o momento em que "bate" alguma coisa nele e o faz me procurar. Isso acontece sempre. O que me cansa é ficar ouvindo que ele está sentindo minha falta e que passa o dia inteiro pensando em mim. Tá, sei bem qual é a dele.
Lado Ruim: Já sofri demais por acreditar em qualquer "eu te amo".´


22 agosto 2013

RASCUNHO


Sempre fui criticado por ter o meu próprio mundo. Muitos achavam que eu tinha algum distúrbio por ser tão quieto. Sempre planejando e pensando no amanhã. Às vezes sem nenhum pensamento, apenas olhando para o nada. Hoje, resolvo passar uma tarde assim, trancado em meu mundo arquitetando soluções de melhorias de vida, mas quando me dou conta, não pensei em nada de útil, apenas fiquei olhando tudo que me rodeava. Sempre fui visto como alguém quieto, quando na verdade o nome para isso é tristeza. Pior de tudo, é que nessas horas eu não quero e nem consigo ter alguém do meu lado, pois chega a me atrapalhar de eu me afogar nessa solidão que me bate. Gosto de ser sozinho, gosto de ficar sozinho, principalmente quando acontecem coisas que me faz dar mais valor na vida.

 
 
 

19 agosto 2013

FIZ UM CONTRATO COM A NOITE, O CÉU SORRIU ESTRELADO...


 
 
Estou no meu momento de "gozo", mas não fazendo programas, e sim, aproveitando minha folga prolongada. Tem gente me perguntando o motivo de eu ter parado com as histórias de sexo, e a resposta é simples: Não tô afim. Ah, eu tô planejando tanta coisa, correndo atrás de vários objetivos, que não estou tendo tempo para sexo. Vontade eu sinto, claro, mas minhas prioridades são outras. Além de casas, estou vendo meus cursos de jornalismo e psicologia. É, depois de tantos conselhos, acho que vou investir também nesse ramo de psicólogo.
 
Estou FELIZ! Não só pelo fato de eu estar ausente do meu serviço por alguns dias, mas sim, por me encontrar com pessoas que sei que ficam felizes ao me ver. Encontrei com a mãe de uma amiga minha, que há muito tempo não a via. Ver a expressão de felicidade de alguém quando me reencontra, me faz ver quem são os poucos amigos que me restam. Pessoas da família que vem em minha direção sorrindo e tal, não dou muita ideia, sei que é falsidade. Na minha família é assim, todos te agradam, mas falam mal de você. Ela estava com minha amiga, que me aconselha a voltar na minha antiga cidade, para mostrar aos outros que estou bem. Já pensei nisso, mas não. Não vale a pena mostrar que sou/estou melhor que eles, pois não é verdade, ninguém é melhor que ninguém e mesmo se fizesse isso, estaria sendo aquilo que mais odeio, estaria sendo eles, pessoas esnobes, idiotas e que pensa pequeno.
 
Boa noite, galera.
 
 

17 agosto 2013

13 agosto 2013

FIQUE RICO OU MORRA TENTANDO


Olá, boa noite.

Só vim mesmo para dar sinal de vida. Estou agitado, na correria, pensando e fazendo coisas pensando em meu futuro. Com a idade, vem as responsabilidades. Como andei postando: "Estou esperando um bom motivo para comemorar". 

Beba Chandon com estilo, não excesso!


Logo irei aparecer com mais tempo, afinal, o tempo daquele prazo que eu me dei, está acabando. Fim do Hiago Waldeck e um recomeço nas praias do Rio e quem sabe, Leblon.




11 agosto 2013

VOCÊ PODE ME VER SORRINDO O DIA INTEIRO, MAS SÓ DEUS SABE O QUE PASSO.



O programa desta vez acaba sendo muito diferente. Eu havia chegado do serviço, era tarde, quando vi na rua um morador de rua  idoso, tremendo de frio. Levá-lo para casa é algo que não daria para fazer, se desse,  eu até levaria. Nossa, fiquei com peso na consciência quando cheguei em casa, tomo meu banho e me deito. Fiquei pensando naquele cara que além do frio, poderia estar com fome. Passava de meia-noite, me levanto, me arrumo e decido comprar algo para ele comer. A satisfação de gastar e dar algo para o próximo, é algo indescritível, um ato de humanidade que poucos fazem.

Vejo nas ruas várias mulheres pedindo esmola. Fico furioso quando vejo pessoas de bom coração dando dinheiro à elas, pois sei muito bem que de coitadinhas elas não tem nada.

Quando entrego o lanche ao cara que tinha visto, ele ainda me pergunta: "e você, vai ficar sem?". Mal sabe ele, que o meu estava garantido.

Foi algo que fiz com prazer, estou comentando aqui, não para ser chamado de caridoso, mas sei lá, poder dizer que seria tão bom se todos pudessem agir assim.




Boa noite.


10 agosto 2013

IMPLICANTE, EU?


Hoje está sendo um dia daqueles. Meu aniversário está chegando e com ele, todo o sentimento de angústia e raiva por saber que estou ficando mais velho e com mais responsabilidades. Gente, não sou má pessoa, então, peço que entendam meu lado e se caso eu os tratar mal, não é por causa de vocês, mas sim pelo fato de eu estar quase comemorando mais uma primavera. :-) 
Pensativo, irritado, quase que chorando. E ainda tem gente me perguntando se vou comemorar meu aniversário fazendo festa ou orgia. Olha a ideia do povo! Hahaha.

Ah, outra coisa que me incomoda, é quando olho à minha volta e vejo pessoas realizando sonhos que eu corro atrás desde sempre. Sinto sim, um pouquinho de inveja da situação, mas sempre peço a Deus que dê o dobro à ela. Não quero que meu "olho gordo"  prejudique ninguém hahaha.

Tô estressado, vou começar a mentir minha idade, acho que assim vou me sentir mais jovem. Todo mundo mente, então, vou começar também. Acordei hoje com uma vontade enorme de brigar, entro na net e vejo o vídeo dos ativistas gays "trollando" o Feliciano no avião (veja o vídeo aqui). Nos comentários, vi ele se defendendo dizendo ter sido perturbado pelos gays. Não aguentei, tive que começar a xingá-lo pelo Twitter. Pra completar a situação, vi centenas de pessoas ao lado dele, o apoiando e chamando os ativistas e todo o público gay de doentes, por estarem agindo assim. Comecei um bate boca pelo Twitter, com pessoas achando que agindo de forma "hétero" estão sendo corretos com as leis de Deus. Xinguei muitos essa galera, que ainda bate no peito dizendo ter orgulho de ser evangélico.



 .



06 agosto 2013

COMPLICADO E PERFEITINHO


Namoro ou amizade? Alguém que ainda não sabe da existência do meu blog. Me conhece pelo nome de trabalho, sabe sobre meu passado, mas não tem acessos aos meus arquivos. Isso seria motivo de me preocupar? Acho que não. Sei que ficar com nojo das coisas que comento, isso pode acontecer. Se afastar, talvez? Não sei. Por um momento resolvo voltar atrás e continuar sendo quem sou, sem me apegar a ninguém. Só que depois de uma tarde juntos, acabei pensando em muita coisa, e a última coisa que pretendo fazer é magoar alguém. Tarde juntos assistindo filme, recebendo carinho com alguém alisando a palma da minha mão, é um convite tentador para uma paixão inflamável. Nosso romance não tem nada de concreto, estamos nos acertando aos poucos, nos conhecendo e em primeiro lugar, mantendo uma amizade. São apenas palavras que depois de ditas, serão esquecidas, como ouvi-lo dizer: "deita aqui, amor" é diferente, estranho e quase absurdo. Não estou apaixonado, mas acho que está na hora de começar a dar mais valor naqueles que realmente se preocupa e gosta de mim.
Lado bom: Alisar a palma da minha mão é meu ponto fraco. Ele já sabe de alguns dos meus gostos, incluindo tomar café. Ah, ele fez para mim, dei uma nota "F" ao café dele: Fraco, Frio e com Formiga no Fundo. Tô brincando (só tava um pouquinho fraco) :-)
Lado ruim: Saudades???

Hoje, conheci aquele cara, que tem uma grande admiração por mim, e claro, eu por ele. João Louco me mandou uma foto. Depois de tanto tempo mantendo contato por e-mail e telefone, ele resolve se mostrar. Gostei do que vi.
Lado bom: Matei minha curiosidade.
Lado ruim: Não sei quando iremos nos ver pessoalmente.


Educação na hora em que me procura tanto para amizade ou programa, é algo que prezo na pessoa. Me sinto confiante quando alguém me diz ter gostado de mim ou gostado de conversar comigo. Isso me conforta, me deixa bem, pois vejo que ainda existe pessoas educadas e de bom senso nesse mundo.


Falando em pessoas, alguém que more em Resende, sabe o motivo de o trânsito ter mudado novamente? Pra que o prefeito mudou o trajeto dele, perto da rodoviária Graal?
Lado bom: Até agora nenhum.
Lado ruim: Coisas importantes ainda estão sendo deixadas de fazer, enquanto isso, o prefeito muda o trânsito pela terceira ou quarta vez! E gente passando fome.


24 julho 2013

PAREM COM ESTA PORRA!


Boa tarde.

Gente, na boa, pela última vez. Parem de esmurrar minha porta, forçar a maçaneta na tentativa de entrar em casa e me encontrar, pois isso já tá me tirando do sério! Tá tipo telefone sem fio, onde um vai passando para o outro onde eu moro e isso tá me incomodando e muito! Caralho, nem ficar em paz na minha casa eu posso mais? E se eu estivesse com alguém aqui, olha o constrangimento que eu passaria com alguém me gritando do lado de fora de onde eu moro!

Na boa, isso só colabora para que eu saia daqui o mais rápido possível. Não aguento essa perseguição. Tá, sei que vai aparecer algum idiota dizendo "mais você não queria ser público?", sim, eu queria e ainda quero, mas respeitem minha privacidade, não é legal aparecer de surpresa na casa de alguém, esmurrar e ficar gritando ela. Coisa chata.



21 julho 2013

VOU TE CONTAR MEUS SEGREDOS... VOCÊ VAI RIR E CHORAR!


Procuro não estar sendo ocioso na minha vida. Prefiro pensar que uma vida ociosa é como uma morte antecipada. Deus não me deu a vida para que eu a deixasse parada no tempo, como se ela tivesse de ficar assistindo à procissão da minha natureza que está passando. A vida é um caminho, e o caminho não foi aberto para indolência e ociosidade, mas para o movimento, que tem o endereço para a eternidade.

Sei que vou prestar conta das coisas que não fiz, do mesmo jeito que terei de responder pelo que fiz durante o tempo de vida que Deus me emprestou.


Meu baú, onde guardo algumas lembranças
de pessoas especiais.
Dia do amigo passou. Não tive a oportunidade de desejar felicidades aos meus, mas espero que os que estiverem lendo, se sintam de alguma forma "homenageados" pelo dia do amigo. Acabei me recordando de muita gente que passou pela minha vida, o que não foram poucas. Com uma emoção vinda do fundo, peguei minha agenda com antigas anotações e vivenciei mais uma vez cada momento que deixei registrado da minha vida, cada história com amigos e pessoas que ficaram pouco tempo perto de mim. Pra se ter uma ideia, esses registros que tenho guardado, são de quase 10 anos atrás, quando ainda tinha meus 16 anos, onde pouco a pouco, estava descobrindo o lado divertido da vida e do sexo. Fico folheando minha agenda, vendo quanta coisa boba eu fiz, que pra mim foi importante. Mesmo sabendo que são coisas fúteis, ainda me faz sentir aquele frio na barriga pela ansiedade de ler algo escrito há anos atrás, me recordando do gosto, sensação e cheiro de cada dia. É uma coisa mágica que me acontece.

Me recordei de amigos que faleceram, pessoas que se mudaram, casaram e das que continuaram por lá. Pessoas que hoje em dia, talvez nem se recordem mais de mim. Este é o lado bom da minha vida que eu queria voltar no tempo para reviver, tudo do mesmo jeito e se possível, corrigir alguns erros que hoje ainda sofro com eles, como a falta que um certo alguém me faz, que infelizmente só dei valor depois de sua morte, há 9 anos.

P.S: Passei um ano inteiro pensando nele, que era meu amigo e amante. Um ano inteiro ouvindo a música Gostava tanto de você, do Tim Maia (eu acho).

Tô fazendo agora tudo que antes não podia fazer. Estou vivendo!




#HiagoWaldeck



18 julho 2013

CORRA, HIAGO, CORRA!


Estou à procura de minha nova casa! Andei pesquisando pela web, casas no Rio de Janeiro e São Paulo, coisas simples, não me preocupo com luxo (mentira!).  A única exigência que tenho é que seja apartamento, no mínimo! Pra quem acha que vou estar sozinho nessa, se engana, estarei levando comigo uma pessoa, um amigo que atualmente passa pelas mesmas coisas que eu passei com minha família. O divertido nessa história, é que iremos literalmente fugir. Só que por enquanto não vou comentar muito.

O problema nisso tudo, é que meu amigo está querendo ir para Sampa, pois tem medo do Rio, achando ser bem mais perigoso. Mas pouco a pouco, estou o convencendo de que Rio é Rio, cidade maravilhosa! Torçam por nós, pois se tudo der certo, fim do ano (talvez antes, talvez depois) estaremos indo rumo a nossa jornada. Espero conseguir antes, tipo, no meu aniversário. Seria um belo presente. Por enquanto estarei fazendo minhas economias, guardando tudo que ganharei para não passar sufoco.

Se alguém souber de algum lugar bacana no Rio ou Sampa, me avisem por e-mail: hiagowaldeck@hotmail.com ou pelo meu Twitter: @HiagoWaldeck. Ficarei muito agradecido com a ajuda.






Ótima tarde para todos. 

#HiagoWaldeck , #Venom 



15 julho 2013

NOVA FASE DA MINHA VIDA....


Sempre quando estou em fase de mudanças, me pego naquela dúvida se é isso mesmo que eu quero pra minha vida. O medo, a sensação estranha que dá ao saber que vou mudar de cidade ou trocar de emprego, me faz ficar perturbado, pensando num futuro que não sei qual é. Acho que já está decidido, vou me mudar e ter mais tempo para mim. A vida que levo hoje, não me deixa ter tempo para fazer o que quero, estou ficando velho e nem tempo de fazer minha faculdade de jornalismo eu tive. Mais uma vez me vem na mente o dia que saí de casa, todo o sufoco que passei até chegar aqui. Estou mais preparado, sei que não vou cometer os mesmos erros que cometi no passado, pois estou bem mais maduro e adulto para isso.

Não quero firmar raízes aqui em Resende, meu sonho como todos sabem é de morar no Rio de Janeiro, escrever meu livro e ficar velho morando numa cobertura de frente para o Pão de Açúcar. Vou me fuder muito na vida até chegar onde quero, mas sei que valerá o esforço. Quero coisas novas, pessoas diferentes e momentos especiais, não quero viver preso aqui da mesma forma que fiquei preso em Arapeí.

Outra coisa que me incomoda é a falta de segurança em que vivo, não só no contato com pessoas estranhas, mas também saber que muitos sabem onde eu moro, como e quando me achar. A cada dia que passa, recebo na minha porta bilhetes deixado por pessoas que estão a fim de me comer, ver e me conhecer. Ontem acordei tarde, olho para o chão e vejo bilhetes de quatro pessoas dizendo que estão querendo me conhecer e mais um bilhete, sendo ele cobrança!


Chega de mimimi, já fiquei deprimido demais pensando nisso.

Nesta madrugada, enquanto assistia Bruna Surfistinha pela trigésima vez, acabei tendo tempo para pensar no que deveria fazer da vida, e não tem nada melhor do que duas cabeças pensarem juntas (era o que eu achava). Um cliente resolve na madrugada me tirar da cama, eu até que estava precisando conversar com alguém, não por telefone, mas pessoalmente. Pois se caso eu chorasse por estar deprimido, sei que receberia um abraço naquele momento. Não sei se eu que estava chato ou se ele que estava me dando cansaço, acabei agindo de uma forma que eu odeio que façam comigo, que é sempre bocejar quando estou falando. No que estávamos conversando, ele sempre tocava em assuntos que eu não tinha o menor interesse em saber, pois naquele momento era eu quem estava a fim de falar e ser ouvido. A cada palavra era um bocejo, me fez lembrar de minha psicóloga de antigamente, que a todo o momento abria a boca enquanto me ouvia. Acho que ela estava sendo muito bem paga por isso, pois eu era muito chato!

Não fomos muito longe com isso, logo arrumei uma desculpa e fui embora. Acho que em momentos de dúvidas e tristezas, o melhor é eu ficar só.

Desculpe a demora nas postagens. Novamente enfrentando problemas com a net.

Boa tarde.


13 julho 2013

ESTOU DOENTE?




Sempre quando ouço piadas relacionadas à sexualidade ou algo preconceituoso, levo na esportiva. Se forem pessoas próximas, eu acabo debochando da situação. Mas toda brincadeira tem um fundo de verdade, acaba sendo uma forma de se expressar e dizer o que não teria coragem de falar quando se está numa conversa séria. Numa brincadeira, vieram me dizer que a resposta para eu me relacionar com homens é culpa da “doença”. Ele ainda tenta se explicar e diz que o homem nasce com 20% de hormônio feminino, mas no caso do gay, aumenta para 80% e com ajuda de tratamento pode ser curado. No começo quando estava falando, levei na esportiva, mas depois de afirmar que gay é doença, comecei a ficar puto com sua forma de pensar.  Se este realmente for o caso, pra que eu trabalho sendo que posso me encostar e me aposentar por ser doente? Tô pensando em levar um atestado no meu serviço e me encostar, alegando tendinite (no cu). 


Envie "cura gay" para 69024 e receba agora no seu celular dicas de como se tornar hétero e conquistar aquela gatinha!

A falta de conhecimento leva ao preconceito e ignorância, sendo que isto sim tem tratamento, que é a informação e um pouco de amor ao próximo. Mas sabe o que é mais engraçado? Tenho uma pessoa, uma amiga, bem íntima, que sempre quando brinco dizendo que vou dar um beijo em outro homem na frente dela, ela tem “crises” de ânsia dizendo que passaria mal, só que ela não sabe que eu sei de seus envolvimentos com mulheres há um tempo atrás, pouco antes de ela estar namorando agora (com homem). Pra mim, a pessoa que mais critica e condena essa atitude são pessoas que algum dia teve suas experiências homossexuais ou estão com medo da situação de ter e gostar.
Todo esse preconceito que muitos carregam acaba sendo fruto de uma educação e doutrina que a igreja também prega. Todos nascemos com o propósito de nos casarmos e termos filhos, se acontece de termos nosso caminho “desviado”, eles afirmam que é obra demoníaca e que estamos afastados de Deus. Eu mesmo, na minha infância, sempre ouvia ladainha de biscates da igreja dizendo que tal pessoa iria para o inferno por ter escolhido o caminho da homossexualidade. Outra coisa que eu acho inaceitável, são os homens que acham que para honrar o que se carrega entre suas pernas, tem que sair a cada dia com uma mulher diferente, frequentar puteiros e sair sem camisinha. Pode não parecer, mas o machismo faz com que seja assim, sexo seguro seria para pessoas fracas, o negócio (pra eles) e fuder pele com pele, como muitos dizem. 

Eu acho que o preconceito é doença e tem cura, só precisa de: Um taco de baseball, uma pistola automática e muita vontade de matar um filha da puta que afirma que gay é uma raça doente. Tá certo que tem gay muito filha da puta que eu até concordo que mereça levar uma lâmpada fluorescente na cara (mas nesse caso já é o caráter, o que poucos têm), mas não quer dizer que ele sofra de distúrbios pela opção sexual que escolheu. 


Anterior Proxima Página inicial