27 fevereiro 2014

MINHA VIDA É ASSIM...


Hoje acordei feliz. Me arrumei para começar meu dia, saí nas ruas, comprei roupas, perfumes, bonés, enfim, fiz tudo o que me deu vontade. Enquanto gastava, me lembrava da época em que era raro eu comprar coisas e até mesmo não ter o dinheiro para fazer isso. A cada peças de roupas que comprava, me lembrava de quando morava no interior, com roupas feias e rasgadas. Guardava as roupas boas para sair, e deixava as velhas pro dia a dia. Cheguei num ponto de ter apenas 2 bermudas, 7 camisas e 1 calça. Não tinha roupa pra nada, e ouvia muito de minha família quando saíamos para comer fora e me diziam que eu deveria me vestir melhor, pois do jeito que eu estava não dava. Nunca me esqueci disso, e por isso, tenho problemas com compras, e chego a gastar muito.
Hoje em dia tem gente que me chama de esnobe, mas não me vejo dessa forma. Eu sempre quis gastar em lojas, comprar perfumes, roupas e gastar com viagens, e isso não é ser esnobe, eu apenas tive ambição na vida pra correr atrás de minhas coisas pra poder fazer o que tive vontade, e agora que consegui, por que deixaria de fazer?

Mas tenho a agradecer a Deus e algumas pessoas que me ajudaram a chegar até aqui.





24 fevereiro 2014

17º DE 365 DIAS: TÔ DE FOLGA





Outro final de semana muito bem sucedido em Angra dos Reis. Muita praia, comida boa e Chandon. Tudo o que pedi a Deus. Este ano estou me presenteando por cada momento ruim que tive na vida. Estas viagens é uma forma de cobrir toda mágoa e um passado triste que eu tive, por isso estou curtindo e muito. Outra vez virei assunto, só que desta vez eles não falaram mal de mim, apenas disseram que eu devo ter muito dinheiro e não preciso trabalhar, isso tudo, por eu ter gasto R$ 1,300 no aluguel de uma lancha e ter postado no Facebook. Gente, não é bem assim. Não sou rico, mas tenho dinheiro. Esta é a forma como eu defino minha classe social, nem classe alta e nem classe média alta, na verdade sou pobre. Rico pra mim seria Silvio Santos ou Eike Batista. Falando em lancha, nem aproveitei o passeio, pois dormi o tempo todo. Fora isso, teve os comentários de amigos dizendo que eu poderia emprestar dinheiro a eles, mas não o faço. Esse povo, só matando haha. Do um duro danado pra conseguir dinheiro, trabalho em dois empregos (literalmente) e por isso eles acham que devo emprestar grana pra eles. Até parece!




17º: Como não tinha dormido na noite anterior (mais uma vez), eu acabei ficando cansado quando estava na praia, me fazendo ir embora mais cedo. No caminho conheci o Well, um rapaz de Belo Horizonte que estava de passeio por Angra. Ele estava indo embora no mesmo dia, mas acabamos tendo um tempo só para nós dois. Não tivemos muitos beijos (apesar de eu querer e muito), pois ele estava coberto de protetor solar, e o gosto não era agradável. Eu, como estava perto do hotel onde me hospedei, fui tomar banho e me arrumar para encontrá-lo mais tarde. Já marcamos de nos vermos em breve. Foi muito bom.



18 fevereiro 2014

MINHA CIDADE: UMA GRANDE PRIVADA


Hoje eu tive a certeza absoluta de algo que há sete anos eu venho dizendo: Resende é um lixo de cidade! Quando cheguei na cidade, fiquei encantado com tudo, mas hoje em dia, a beleza acabou e restou apenas a vontade de terminar de destruir tudo. Eu explico os motivos:

Ontem estava animado, acordei cedo e fui fazer compras. Estava precisando trocar minha carteira que há dois anos uso sempre a mesma, então saí à procura de uma nova, como sempre, fui correr atrás de uma carteira Calvin Klein ou Louis Vuitton. Andei em vários lugares e nada de achar, enquanto percorria lugares, fui prestando muito a atenção no tratamento que os vendedores dão aos clientes, que por sinal é péssimo!  Todos sempre sem paciência e falando te dando as costas, em vários momentos fiquei sem graça, com vontade de dar uma voadora na cara deles. Em todas as lojas são assim: vendedoras com ignorância, sem paciência e agindo de má fé. Shopping então, nem se fala. Todo mundo com aquele sorriso falso te desejando bom dia, quando na verdade nem queria estar ali te atendendo. Acho deprimente. O único local onde fui atendido, e muito bem, foi na loja Gless, que por sinal vende produtos Calvin e outras marcas boas. O atendimento (como sempre) foi perfeito. Achei duas carteiras lá, mas não me agradou muito, decidi esperar a próxima coleção. 

Hoje estava a fim de visitar minhas sobrinhas, já estava puto pela recepção asquerosa desse povo ontem, tentei arriscar ir num ônibus, mas não deu. Os pontos estavam lotados, gente mal-educadas, caras emburradas e sem contar que parecia o lixão da mãe Lucinda, com todas aquelas crianças que estavam saindo da escola. Todas gritando, falando alto, agindo como adultos, sendo que nem pentelhos estas porras têm. Decidi ir de táxi, mas foi a pior coisa, porque aumentou minha raiva. O local onde eu estava a fim de ir, no máximo iria gerar um valor de 40,00 reais, o que para a maioria dos que eu pedi que me levasse era considerado pouco. A pessoa coloca uma porcaria de carro pra rodar nessa maldita cidade, coloca a placa de táxi em cima, chega um cliente e não quer levar? A desculpa deles foram as mesmas: “O meu carro não pode andar em estrada de chão, porque arrebenta com ele”. Pra que esse lixo ambulante tá na rua então?  O último que me disse isso eu fui obrigado a gritar com ele e jogar na cara que esse povo não quer saber de serviço. Faltou pouco para denunciar o ponto deles na prefeitura, mas como a cidade é um lixo exatamente por culpa do prefeito, eu sabia que ele não faria nada. Mas me aliviei, pois desabafei com o taxista velhote que recusou me levar, porque não seria lucrativo. Por isso que Resende não vai pra frente. No mínimo eles devem estar com o rabo cheio de grana. Pra tá dispensando cliente assim, não devem estar precisando.

 E pra finalizar, hoje estava tentando uma reaproximação com um antigo amigo. Em menos de 30 minutos eu me lembrei o motivo de eu ter ficado com tanta raiva dele. Idiota, disso todos sabem, pois é o normal da cidade. Conseguiu me irritar com sua forma besta de agir. Sempre me perguntei o motivo de seu ex-namorado ter invadido seu Facebook e ficar postando coisas que o prejudique, mas depois de hoje, soube bem o porquê. Muito babaca!


A partir de hoje, Resende pra mim morreu. Já estava morta há muito tempo, mas no fundo sentia uma ponta de esperança de que alguma coisa pudesse mudar. Mas acho que, não. Todos aqui estão muitos preocupados em ser algo que está longe de acontecer, e como sabem disso, agem como se fossem. Tá explicado agora o motivo de eu andar com a cara fechada por aí? Se eu me arreganho e solto um sorriso desejando bom dia, ou eles acham que tô dando em cima ou nem respondem e ainda me xinga. Gente nojenta!


14 fevereiro 2014

THE FACE OF ANGRA: NÃO ME INVEJE, ME SUPERE!


Depois dessa viagem, me senti ainda mais à vontade nas praias e na própria cidade de Angra dos Reis. Pegar o telefone, fazer uma reserva em um hotel onde bato cartão e ser lembrado pela voz, é algo que deixa nós hóspedes satisfeitos, como se fôssemos de casa. Ligo para o hotel e o recepcionista se lembra da última vez em que estive lá e até o número do quarto. Desta vez levei um amigo que sempre ouve minhas histórias de quando viajo e resolveu ir comigo conhecer Angra. Só para esclarecer, dormimos em quartos separados. E mais uma vez houve discórdia por eu ter ido viajar. Das mesmas pessoas que queriam estar fazendo o mesmo e não podem. Acredita que fizeram “telefone sem fio”, foram ligando para um e outro e perguntando se eu tinha ido viajar, pois estava todo mundo comentando. Gente, isso é fanatismo, coisa de gente louca. Mas na boa, adoro ser o assunto do momento, pois eles param tudo e passam o dia falando de mim e vendo o que faço através do Twitter.



















Com certeza foi algo melhor do que ter pedido autógrafo. Em uma das minhas fotos que postei no meu Instagram, recebi uma curtida de um famoso. Parece coisa boba, mas saber que ele curtiu minha foto me deixou bobo, como se tivesse autografado para mim. Não é todo dia que ator da Globo curte nossas fotos.


Nesta viagem eu me esqueci de trazer um presente para alguns ‘amigos’. Ia trazer um gato para eles. Pois um gato tem sete vidas, sendo assim, eles teriam sete vidas para cuidar e esquecer da minha.
O que me dá mais prazer, é poder esfregar na cara de familiares que tô gastando, tô podendo, e o menino que eles achavam que nunca daria certo na vida, hoje em dia tá bem, tá ótimo.

Obrigado, Deus.

 


08 fevereiro 2014

PADRÃO DE BELEZA: SOU COMO SOU


Nada do que busco está sendo algo fácil de se achar. Não só na forma afetiva como relacionamentos, mas até no sexo casual. Descobri que metade dos meus "problemas" são causados por pessoas que diariamente entram em contato comigo, me deixando tenso e muito estressado por serem na maioria das vezes "burros". Os que me irritam mais são os que se dizem "héteros", pedem discrição e exigem que você fique à mostra numa vitrine para que eles primeiramente possam admirar. A grande maioria acha que por serem casados e "gostosos", estamos sujeitos a qualquer exigência que eles nos impõe, ou seja, se achando especial além da conta. Outro tipo de situação que me incomoda são os que pedem sigilo total, e quando vou encontrá-los, são pessoas com a imagem mais queimada que a minha! Entende? E têm aqueles que me chamam de "nervosinho" (quem me conhece sabe) e não entendem o motivo de eu ser bruto quando me procuram.

Meu gosto é mais ou menos assim, como o vídeo da Preta Gil diz: (tô brincando).




Não existe gente feia, o que existe são gostos diferentes. Por isso tenho saudades dos cariocas. Pessoas muito melhores e mais educadas.

06 fevereiro 2014

ME ERRA!


Que situação chata! Um pastor de uma igreja evangélica aqui de Resende resolveu me criticar virtualmente dizendo que não faço parte daqueles que serão salvos por Cristo. Disse ser blasfêmia eu estar misturando religião e sexo no blog (???).

  • O que um pastor estaria fuçando em um site erótico? Leitura para debater em suas reuniões?
  • Conheço ele. Me condena por falar das doações que dou a quem precisa, mas ele na primeira oportunidade procura pai de santo para tirar dúvidas espirituais.


Tão sonso quanto àqueles que os segue. A construção de sua igreja está parada, devido ele próprio gastar o dinheiro com trabalhos de magia negra. Quando eu começar a dar o seu cu pra conseguir dinheiro e viver as suas custas, aí sim, você pode dizer algo da minha vida!

Desejo muita luz em seu caminho. Deus está contigo, mas você não está com ele!


03 fevereiro 2014

8º DE 365: E TEVE BOATOS DE QUE EU ESTAVA NA PIOR RSRS


Enquanto estava em Angra dos Reis, no meu segundo dia na cidade em que aproveitei a praia sozinho, não consegui me desligar dos problemas do dia-a-dia. Sempre quando entrava na água me sentia vivo, renovado, como se o mar tivesse levado tudo de ruim em meu corpo pra bem longe. Desta vez estava com meus pensamentos martelando em minha mente, esperando algum comentário estúpido de alguém reclamando de eu ter ido viajar novamente. Depois de muito tempo na água e como estava sozinho, o jeito foi conversar com Deus, que só assim me senti melhor, mais confiante e me esqueci dos problemas.

Outra coisa que estava me preocupando seria os tratamentos que teria de fazer, no caso sou uma pessoa muito nervosa, e por isso sofro de bruxismo, ansiedade e tudo que prejudica o corpo e mente. Estou entrando em seções de terapia, acupuntura, massagens e yoga, tudo para eu ficar mais relaxado e menos estressado. Acho que meu nervosismo chegou a piorar depois que larguei o vício do cigarro. Mas estar em uma praia, numa cidade ótima ajudou muito, chega a ser uma terapia.








Estava na porta do hotel esperando o porteiro abrir para eu entrar. Era madrugada e eu tinha saído para aproveitar a noite em Angra, uma forma de despedida antes de partir. Na porta do hotel, antes de eu entrar, passa um cara na minha frente e diz: “nossa, que delícia!”. Isso além de um elogio, acaba sendo um convite para uma boa putaria. Negro, todo grandão. Ele diz trabalhar como segurança, e pra minha surpresa é meu conterrâneo, nascido também em Barra Mansa. Ele acabou me contando um pouco da história de Angra e o motivo pelo qual leva esse nome, o que eu não sabia e até perguntei em meu Instagram, quando publiquei uma foto dos 3 reis. O segurança me levou num cantinho da cidade, um lugar que com certeza é usado para pegação, e de quebra, de frente pro mar. Foi numa rapidinha onde ele tira seu pinto pra fora e me coloca pra chupar, querendo me comer, mas sem a chance de isso acontecer, pois estávamos sem preservativo.


01 fevereiro 2014

7º DE 365 DIAS: PROGRAMA EM ANGRA DOS REIS


Recebi um chamado de alguém bem influente aqui em Angra dos Reis, alguém que sabe o que quer e sabe que não tenho tempo a perder com brincadeiras e desconfianças. Geralmente programas feitos em outra cidade o cachê acaba mudando, acaba sendo cobrados passagem, hotel e todas as despesas pagas. Não são todos que aceitam algumas exigências que pessoas de programas fazem, e por ser algo sério, ainda mais se tratando de uma viagem, não dá para tolerar quem fica na dúvida se paga ou não o dinheiro antecipado. Nesses casos, pelo menos metade do dinheiro tem que ser depositado antes e a outra metade paga depois do serviço feito. No caso deste meu cliente, nem precisou conversar muito, ele pede o número da conta e já manda todo o dinheiro, incluindo passagens, hospedagem e tudo mais. Gostei, com isso ele acaba ganhando um ponto positivo e mostrou ser decidido, e não aqueles bobos que ficam com medo de mandar dinheiro e não receber o produto.

Pra pagar caro e passar uma noite ou o dia inteiro com alguém, no mínimo tem que rolar química e muita conversa. Posso não ser cheio de qualidades, mas quando rola afinidade com alguém que saio, chega a ser melhor do que o sexo.

Chego a Angra no horário do almoço, e meu cliente já estava me esperando. Ele é um empresário conhecido, com casas aqui em Angra e a fim de um bom papo. Com tantas pessoas aqui, por que me chamou? Eu também não sei. Acho que por eu ser diferente e não fazer parte do padrão de beleza dos garotos que são bombados, lindos e tal, eu acabo me destacando, sendo mais simples e natural. Há quem me aconselha a mudar isso ou aquilo, mas se sendo assim já ganho, pra que mudar? Ele me leva para conhecer sua lancha, onde passamos a tarde toda ancorados na ilha Capivari. Estava a fim de alugar um e poder aproveitar da melhor forma, mas nem precisei me preocupar com isso, pois ele acaba realizando esse meu sonho de ficar em alto mar com tratamento VIP. Ele acabou dispensando o piloto, achou mais discreto e que ficaríamos à vontade somente nós dois. Ainda bem que ele sabe pilotar.  Passamos a tarde tomando banho de sol, nadando e conversando muito. No fim da tarde estava exausto, ainda tinha uma agenda cheia a seguir com vários lugares aonde ele iria me levar. Estava curtindo tudo, mas vi que teria de dar uma pausa quando entrei na água e meus olhos estavam queimando e ficava tonto depois que mergulhava. Era o sono chegando. Cheguei a descansar um pouco em sua cama na lancha, com ele deitado ao meu lado me deixando sem jeito enquanto me olhava cair no sono. Ah, não fui pago para dormir, mas estava cansado, ele entendeu e acabou caindo no sono também.

O sonho de verão nessa ilha acabou quando recebemos uma notícia muito triste. Um conhecido dele e do público brasileiro acabou falecendo e será enterrado amanhã. O Dudinha, assistente da socialite Val Marchiori morreu. Meu cliente teve de ir embora para São Paulo acompanhar o enterro. Nisso voltei para o hotel. Passei o resto da noite dormindo, muito cansado.

Valeu muito o dia que tive hoje, só deixando a desejar esta notícia sobre o Dudinha, que era alguém que eu curtia muito.


Anterior Proxima Página inicial