30 novembro 2014

TUDO ACONTECE NO MOMENTO CERTO. QUANDO ISSO ACONTECER, FAÇA VALER A PENA!


Dia de domingo aqui em Resende geralmente é parado, morto! Meu dia num domingo é mais ou menos assim: acordo tarde, vou na rua tomar café e depois volto pra casa e fico assistindo Tv. Um verdadeiro tédio, principalmente quando não atendo nenhum cliente. Dia de folga, né.



Sabendo que hoje poderia acontecer a mesma coisa e meu dia ser um tédio, acabei me programando pra fazer um passeio. Liguei para o aeroclube e marquei um voo pela região. Eu achei que estava enjoado de voar, mas depois de hoje, vi que falta muitos lugares para explorar. O voo foi tranquilo, voamos sobre Resende, Barra Mansa, Volta Redonda, Quatis, Porto Real, Penedo e pela Represa do Funil. Em nossa primeira decolagem, o rádio do avião não estava passando nossa voz para a central, não estavam nos ouvindo. Tivemos que pousar, e o avião entrou em manutenção. Era um fio que havia se rompido e atrapalhou a comunicação entre o piloto e a central.





O tempo de feio, acabou se abrindo, fazendo com que eu possa aproveitar melhor a visão.

Esses dias eu estava querendo fazer outro passeio de lancha pela Represa do Funil, mas esse tipo de passeio foi cancelado, pois a represa está com o volume de água abaixo do nível. Eu achei que fosse exagero da parte deles, mas depois de sobrevoar a represa hoje, vi que o nível de água está muito, mas muito baixo. Veja abaixo.






Feio mesmo foi ver a CSN do alto. Parecia uma usina abandonada de filme de terror. Muito feia e com a poluição "nervosa" no ar.


Foi bom, pelo menos tirei meu domingo da rotina.

Boa tarde! 


26 novembro 2014

CAMPOS DO JORDÃO: EU SOU A DIVA QUE VOCÊ QUER COPIAR


Estava a fim de passar o dia fora de casa, tipo um almoço e um bom passeio. Acabei vindo para Campos do Jordão, pois como o tempo na região estava frio, não dava para curtir praia, então, vim para a serra aproveitar o frio que faz aqui. Se bem que, cheguei na época em que o tempo não está tão frio, como quando da última vez que eu estava congelando.

Hoje conheci o Pico do Itapeva, onde do alto, se vê todas as cidades do Vale do Paraíba como Taubaté, Pinda, etc... Queria ter ido ao museu que tem aqui, mas por incrível que pareça, o comércio aqui fecha às 17h00. Muito cedo!



À noite acabei indo jantar num lugar maravilhoso, e o melhor, havia o espumante que eu gosto. A comida é cara, mas vale a pena. Cheguei meio tonto no hotel, pois tomei muito Clicquot...


16 novembro 2014

BOA TARDE!


Antigamente eu era muito apegado no Pedrinho, mas hoje em dia aquela “paixão” que eu sentia acabou, nem tesão me dá mais. Combinamos de passar à noite juntos, isso depois de alguns meses sem marcamos nada. Na minha imaginação, o tesão ainda era forte quando me masturbava pensando nele, mas depois de tanto tempo sem nos vermos, tanto tempo sem sexo com ele, vi que não tinha nada a ver a gente ficar juntos, mesmo que seja só sexo. Quando a gente ama o feio, bonito lhe parece. Eu o achava lindo, perfeito. Mas agora que o encanto acabou, vejo quem ele realmente é. Alguém que não faz meu tipo. Não consegui ter relação com ele, pois naquele momento eu só o via como um grande amigo que estava ali do meu lado, nada mais. Acho que ele deve ter ficado decepcionado, pois eu cheguei a demonstrar interesse em sexo, dormir de conchinha e muito beijo na boca. Mas isso passou, não quero mais.

90% dos meus clientes são pessoas que vêm de fora, ou estão de passagem pela cidade. Eu moro ao lado da rodoviária, onde por dia, centenas de pessoas desembarcam ou fazem aquela paradinha de 20 a 30 minutos no ônibus, e é nessa hora que eles me chamam, mesmo que seja pra uma coisa rápida. O Miguel foi um deles, que nessa paradinha acabou me ligando para uma rapidinha. Rapaz bonito, educado, veio se masturbando no ônibus a fim de aliviar a tensão quando teve a ideia de procurar o que fazer na internet, até ter me encontrado. Ele veio pra minha casa e os 30 minutos se tornaram 1 hora. O coitado acabou perdendo o ônibus e sendo obrigado a seguir o caminho de táxi. (Como o motorista do ônibus seguiu viagem, sendo que eles fazem a contagem dos passageiros pra ver se não falta alguém quando fazem estas paradas para lanche?).

Morar perto do embarque e desembarque de pessoas, acabou sendo um passaporte para minha agenda ficar movimentada. Já tenho certa fama na internet, e quando a pessoa vem de fora sabendo que vai passar pela minha cidade, na mesma hora se lembra de mim. Antigamente, quando morava em outro bairro da cidade, um lugar bem afastado do centro, as pessoas que desembarcavam na cidade me procuravam, mas antigamente era muito fora de mão sair de casa (às vezes na madrugada) para encontrá-los. Foi um ponto a meu favor esta mudança. A situação ainda está por melhoras, pois a cidade está crescendo muito!

Bom fim de semana para todos.


12 novembro 2014

PROCURANDO A PAZ NO JARDIM BOTÂNICO – RIO DE JANEIRO




 Ontem, terça-feira, o dia foi muito ruim pra mim. Desde manhã até a hora de eu deitar, só tive amolação e gente chata falando na minha cabeça. Estresse, falação, pedição, problemas e problemas... Pra compensar um dia ruim, acabei saindo da cidade, fui fazer aquilo que sei fazer de melhor, fui conhecer novos lugares para arejar a mente. Hoje acabei descendo para o Rio de Janeiro, onde liguei para meu ex-cliente, (hoje amigo) para me acompanhar por lá, pois estava precisando me desligar desse mundinho que vivo. Fui conhecer o Jardim Botânico, um lugar que não tive a oportunidade de ir antes, e imaginei que seria uma boa ir hoje, pois o contato com a natureza sempre me deixa mais revigorado. Quem conhece sabe que lá é maravilhoso, um lugar tranquilo (tirando algumas crianças gritando por lá) e ótimo pra meditar, desligar de tudo. Acabei conquistando a paz interior que eu estava precisando, pois a tensão do dia a dia estava me matando!


 Aproveitamos e fomos almoçar (às 16h00) num lugarzinho excelente, que não me recordo do nome agora, mas com comida e atendimento muito bom. Me sinto uma pessoa importante quando chego aos lugares e vejo a educação (que veio de berço, e não forçado) dos funcionários ao tratar um cliente. Não estou acostumado com isso aqui onde moro, por isso me sinto bem em outra cidade.






03 novembro 2014

O FANTÁSTICO MUNDO DE HIAGO




Me sinto como se tivesse ganhado na loteria por ter amigos tão valiosos. São poucos que eu posso confiar, pois a maioria são apenas aproveitadores, oportunistas querendo pegar carona no meu dinheiro.

 Ontem, domingo, levei duas amigas para ir ao Rio de Janeiro fazer um passeio de helicóptero. Elas nunca tinham voado, e me falando de sua vontade, acabei as convidando para um passeio pela cidade maravilhosa. Nosso dia foi perfeito, muito divertido ter saído com elas, que me fizeram tirar boas risadas. Eu achei um absurdo, até os taxistas estão querendo tirar proveito da situação e ganhar em cima de mim. Ia contratar um táxi pra nos levar ao Rio. Acredita que ele me cobrou mil reais para levar?! Tenho condições de pagar, mas não sou burro de jogar dinheiro fora assim, ainda mais sabendo que ele estava metendo a mão nesta corrida pra superfaturar em cima. Abusado! Sem problema algum, peguei um ônibus junto com elas e fomos numa boa.




Depois de nosso passeio de helicóptero sobrevoando o Cristo (de novo haha), fomos no shopping almoças e, depois, as levei para conhecer o Cristo. Uma delas já conhecia o Rio, só a outra que não. No Cristo, faz muito tempo quando fui, e foi gostoso rever a cidade do Rio de Janeiro lá do alto. Uma pena meu telefone ter descarregado, pois deixei de tirar muitas fotos de lá.

Como sempre, acabei conhecendo pessoas encantadoras por lá. Eu estava com uma roupa pesada e o tempo no Rio muito quente. Fui ao banheiro jogar água no rosto, quando vejo um negão musculoso olhando minha bunda enquanto eu me secava. Não deu outra, acabei dando uns pega nele, só pra descontrair, sabe?

O que mais me desanima dos “amigos” que eu tenho, é que nenhum deles gostam de mim de verdade. Quando eles ouvem dizer que fiz “tal passeio”, aí que todos eles se juntam para ter que me pedir ajuda. Como se eu não soubesse que estão tentando aplicar um golpe em mim. Tem gente que planeja viagens luxuosas, mas pra no fim, eu ter que pagar tudo. Acha mesmo que vou cair nessa? Chamo pra sair comigo quem me convém, quem me faz bem. Se não te chamei, sorry, talvez eu nem goste de você como pensa. 




Anterior Proxima Página inicial