terça-feira, 15 de dezembro de 2015

GAROTO DE PROGRAMA, UMA OPÇÃO PROFISSIONAL.

Por que em momentos quando estamos tristes e carentes de abraços, sempre aparecem pessoas oferecendo sexo como se fosse uma forma de aliviar a tensão ou resolver os problemas? Acho intrigante pessoas que sugerem : “está triste? Vamos dar uns beijinhos pra ver se melhora” achando que era disso que estava precisando, como se fosse a solução de tudo. Eu, quando estou mal ou com algum problema, não vou achar solução em beijos ou abraços (e até sexo) com outras pessoas, eu quero a solução do meu problema. Acho que todas as pessoas normais pensam assim, pois estando com problema, acaba gerando um bloqueio mental e sexual que impede que faça qualquer tipo de coisa, mas a ignorância do homem vai muito além do que eu imaginava, e isso, pois já achava ter conhecido todo tipo de gente.


A profissão de garoto de programa é como qualquer outra. Cheio de estresse, momentos bons e ruins. Não é tudo um mar de rosas como muitos imaginam, eu que tenho o costume de apenas dizer o lado bom das coisas. Mas o lado negro, está sendo bem detalhado em meu livro (em breve!).

Será tão difícil de entender que nem sempre queremos sexo e gozar?! Falo por mim, pelo menos.



Leia Mais ►

domingo, 13 de dezembro de 2015

HIAGO SURFISTINHA

Pode mandar o próximo, porque hoje eu não vou dar, eu vou distribuir!


Quero agradecer a todo mundo que me comeu e que tem me procurado, e dizer que não parei de dar e nem fiquei mais caro só por estar viajando o mundo não. E quem quiser trepar comigo, só me ligar, 024 9 9966-5622.

Sei que sou quase insuportável, mas não é por mal. Me desculpem alguém caso eu tenha sido chato ou arrogante. Estava passando por uma fase complicada, que decidi mudar a partir de agora.


Vem na maldade, que eu tô pro crime! 




Leia Mais ►

MEU ANGELICAL TOUCH



Não é novidade que em todo lugar que eu passe, eu acabe conhecendo pessoas interessantes (ou não). Em Aracaju não foi diferente quando visitei o lugar pela primeira vez. Não tinha intenção alguma em ficar na cidade, estava mesmo era de passagem, mas depois de andar pela orla, acabei me encantando pela cidade e conhecendo muitas pessoas. Acho que é coisa de pele, tesão, não sei. Todos com quem tive contatos sempre diziam a mesma coisa: “que alguma coisa em mim chamou a atenção” e que despertava o interesse neles. Vai ver deve ser o meu angelical touch (toque angelical).

  • O primeiro delas foi o peão, o chamo assim, pois ele é daquele tipo de cara que adora fazer rodeios e no fim, mostra ser a mesma merda que eu tinha pensado que era. Ele chega doce, muito educado, dizendo ser o homem certo pra casar. Claro que não acreditei nesse papinho besta e sabia que sua intenção era somente sexo (e a minha também). Não entendo porque as pessoas fazem rodeios, ao invés de chegar e dizer: “só estou aqui pra sexo, sem compromisso. Gozou, acabou”, eles fazem o maior drama, inventam uma história de amor nunca existente pra que assim, ganhe o coração e faça com que o outro pense que seria o homem perfeito. Bom, com relação a isso estou vacinado. Não demorou 1 hora e ele já se mostrou ser exatamente o que pensei, um zero a esquerda.
  • O Ju foi um que soube (mais ou menos) ser educado por mais tempo. Nos conhecemos na rua, com ele me chamando para bater papo. O que me incomodou nele (além do jeito super afeminado), foi que em todo o momento quando ia me dizer algo, ele falava comigo na forma feminina, sempre dizendo: “menina, nem te conto”. Aff, assim não rola!
  • O negão já era um coroa que jura ser um garotão. Tá certo que o volume em sua cueca andando pela praia poderia estar dizendo que ali tinha um grande brinquedo, mas de cabeça, coitado, era só mais um infeliz. Ele só estava querendo somar em sua coleção, quantas bocas iria lhe chupar nesse dia. Pelo menos já foi direto, dizendo (na verdade demonstrando) que queria somente pegação. Acabei o deixando sozinho, pois ele me lembrava de meu pai (eu sei, que nojo lembrar do pai nessas horas) e tinha um papo que me dava sono.

Olha, eu poderia passar noites falando de casos de pessoas que cheguei a conhecer, mas neste exato momento, enquanto escrevo, coloquei no repeat a música de Alphaville - Big In Japan, e está tão gostoso ficar assim, que chega a dar preguiça de falar de pessoas não tão importantes pra mim.



O vídeo chega a ser uma das músicas que me faz lembrar de quando me dizem que tenho um toque especial. 


Leia Mais ►

domingo, 6 de dezembro de 2015

VOEI PELA AVIANCA E MINHA MALA FOI VIOLADA!

Estava morrendo de calor! O ar condicionado estava fraco.

Saí ontem de São Paulo, aeroporto de Congonhas a caminho de Salvador.  Como sempre faço, na hora do check-in pedi que identificassem minha mala como “prioridade”, para que houvesse um cuidado maior com ela, pois nada mais é que uma mala da grife Victor Hugo, onde custou uma fortuna! Quando desembarquei em Salvador, minha mala tinha sido violada e saqueada! Eu tão preocupado em ter a mala quebrada ou rasgada, nunca pensei que pudesse ter a minha aberta e roubada! Cheguei as 23 hrs de ontem e só fui “terminar” de resolver às 5 da manhã. Obtive uma resposta seca da gerencia da empresa aérea Avianca, que queria mandar minha mala para o concerto. Enquanto isso, como ficaria sem mala? E os meus pertences, disse que a empresa não se responsabiliza por isso.

Registrei a ocorrência no aeroporto, agora o jeito vai ter que terminar na justiça.

Acho que arrombaram com alicate. Tiraram o cadeado e aquela fivelinha do zíper.


Os saqueadores foram tão profissionais, que retiraram o zíper com o cadeado, algo impossível de tão grosso que o zíper e cadeado eram, e nem se deram o trabalho de colocar de volta pra que eu não perceba. Estou com vontade de saber quem foi, só pra perguntar como fez isso, pois era algo impossível, mas eles conseguiram. 

Agora, um processo por danos morais, com certeza vai rolar. Não tenho ideia de como vou viajar agora com esta mala aberta! Não sou o primeiro que reclama sobre isso, pesquisei na web e achei várias (milhares) pessoas relatando os mesmos problemas, sendo que, nem todos foram adiante e deixaram de lado. O que não é meu caso. Até agora não acredito que isso aconteceu comigo. Não entendo o porquê eles tentam pular fora, pois com o processo, posso ganhar o dobro, que vai ultrapassar o valor da mala e dos pertences roubados.

Já não basta eu voar sem saber se vou morrer por uma turbulência ou acidente aéreo, tenho que voar com medo se minha mala vai ser saqueada ou não. Por falar nisso, eu devia ter meu dinheiro de volta, pois o voo de ontem foi horrível! Avião tremia mais que Chico Xavier recebendo espírito, parecia um idoso com parkinson, não tinha bebida alcoólica pra eu tomar e ficar chapado (pra perder o medo) e pra piorar, quase que eu desencarnei, o avião tremia tanto, que eu senti meu espírito querendo se desprender do meu corpo de tanto medo.


Leia Mais ►

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

TUDO QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER, MAS NÃO PAGOU PRA PERGUNTAR.

30 FATOS SOBRE MIM:




Fato 01: Sou nascido em Barra Mansa, cidadezinha do interior do Rio. Fui criado no bairro Cotiara (o que muitos afirmam ser favela).

Fato 02: Nasci doente, sem muita expectativa de sobreviver (pelo menos foi o que ouvi dizer). Minha mãe acabou fazendo uma promessa para que eu melhorasse, tanto que, meu nome verdadeiro tem um nome de um santo no meio (que eu pretendo tirar em breve). Sobre a promessa? Bom, deu certo. Tô vivo aqui, né.

Fato 03: Desde pequeno eu sempre fui uma criança muito quieta, na minha, sem me misturar. Personalidade que carrego até hoje. Esse meu jeito fez com que eu ouvisse muito: “ele é quieto assim mesmo ou tem problemas mentais?”.

Fato 04: Vivi boa parte da minha vida em Arapeí, cidade do interior de São Paulo. Foi ali que me aventurei em sair com os pais dos meus amigos em troca de doce.

Fato 05: Meu primeiro sexo anal foi com um amigo, eu tinha 17 anos. Era bem mais velho que eu. Hoje em dia é falecido, morreu jovem em um acidente. Me lamento até hoje por isso. Depois de sua morte, descobri que era alguém importante demais pra mim. Tanto que, passei um ano inteiro chorando por ele.

Fato 06: Eu tinha medo de me masturbar, pois achava que era pecado, contra as leis de Deus. Quando não conseguia me controlar e me masturbava, pedia a Deus que me desculpasse e que me livrasse de doença. Sim, eu achava que me masturbando eu pudesse contrair algum tipo de doença, morria de medo e até vela pra Nossa Senhora eu acendia.

Fato 07: A primeira vez que descobri o gozo foi quando eu estava com uma amiga sentada em meu colo (naquela época não existia maldade nisso). Eu não estava excitado e sem nenhum tipo de malícia. De repente eu sinto o tesão (sem saber que era tesão) e sinto o gozo sair. Fui ao banheiro e vi aquele líquido branco sair de mim, sem fazer a menor ideia do que era, só me lembrava da sensação que tinha sentido quando ele saía, sensação de prazer! Depois disso fiquei viciado e umas sete vezes por dia me masturbava, pois achava gostoso ficar relaxado depois. Eu sempre ficava deitado e esfregava meu pinto na cama até gozar. Era a minha “punheta”.

Fato 08: Eu sou bipolar, e na adolescência os sintomas eram mais fortes. Ao mesmo tempo em que dava risadas com meus amigos, em questão de segundos eu ficava irritado e fechava o tempo.

Fato 09: Eu adoro café! Não sou ninguém quando acordo e não tomo meu café preto, e quando isso acontece, mudo até de fisionomia e bate o mau humor que nem eu mesmo aguento. A maioria dos meus amigos sabem e entendem. Já se acostumaram com meus ataques quando não tomo café quando acordo. Tem uns que deixam tudo preparado pra quando eu acordar.

Fato 10: Eu tenho TOC (“MANIAS”): E não apenas uma, são várias! Tenho o costume de verificar portas várias vezes antes de dormir, pra ver se estão trancadas. Mesmo depois de conferir pela segunda vez, eu sempre acho que não conferi direito e me levanto mais uma vez (o mesmo vale quando saio de casa e sempre acho que deixei a porta aberta. Chego a ir pra rua e voltar umas três vezes pra conferir).

Fato 11: TOC 2: Quando criança, se eu encostava minha mão numa parede, eu me via obrigado a encostar a outra mão também. Teve um dia que eu não encostei de volta com a outra mão e fui para a escola. Fiquei tão incomodado que no meio do caminho eu voltei só pra ter que relar no mesmo lugar.

Fato 12: TOC 3: Eu tenho que andar pisando com a mesma intensidade. Se eu andar e pisar com força com um dos pés, eu tenho que pisar com a mesma intensidade com o outro. Teve um dia que estava andando pela rua e toda hora torcia o pé pisando forte, e acabava pisando forte com o outro pra “igualar”. Teve um momento que eu cismei que estava pisando sempre um mais forte que o outro e acabei fazendo um trajeto de 30 minutos andando assim, até pisar com os dois pés com a mesma intensidade.

Fato 13: TOC 4: Eu não suporto que andem do meu lado esquerdo! Eu fico desconcentrado e até ando tropeçando na rua quando isso acontece. Sério, eu sempre tenho que estar do lado esquerdo da pessoa e não ao contrário. A não ser que eu esteja no meio de duas pessoas.

Fato 14: Tenho Déficit de Atenção, e tem momentos que quanto mais eu tento me concentrar, pior eu fico.

Fato 15: Sou careca (raspo a cabeça todos os dias) e já tive cabelo black power. Já fui vítima de chacota por causa do cabelo e gastava 4 horas em frente ao espelho tentando controlar os cachos. Já perdi muita aula por causa disso.

Fato 16: Sou apaixonado por bonés e não vivo sem. Comecei a usar quando percebi que era mais prático pra sair do que ficar horas e horas arrumando o cabelo em frente ao espelho. Depois disso adotei como uma peça de roupa e é o item principal do meu guarda-roupa.

Fato 17: Já fui o patinho feio da escola e era “zuado” por todo mundo. Já sofri bullying e até faca pra escola eu já levei. Cheguei a repetir um ano por causa disso, não me sentia bem com o que acontecia e acabava faltando aula.

Fato 18: Já morei na rua e dividi quarto com mais 10 mendigos em um albergue.

Fato 19: Já fiz muito mais de mil programas.

Fato 20: Adoro transar no mato.

Fato 21: Já fiz DP (dupla penetração).

Fato 22: Todos os dias eu me masturbo, mesmo se eu transar com alguém.

Fato 23: Tenho tesão em ver vídeos de zoofilia. Só não pratico!

Fato 24: Sou apaixonado por filmes de terror.

Fato 25: Odeio quando mordem minha boca na hora do beijo. Perco tesão na hora.


Fato 26: Odeio quando estou dormindo e a pessoa fica me alisando. Tem gente que faz isso a noite toda e eu fico puto.

Fato 27: Já tive bulimia e anorexia.

Fato 28: Já virei assunto em rede social quando comentei que ia transar com 27 pessoas no meu aniversário de 27 anos. 10 minutos depois de postar, recebi mais de 2 mil mensagens de pessoas querendo participar da festa.

Fato 29: Sou apaixonado por estrangeiros e amo o povo oriental.

Fato 30: Já fiz chuca que não passou pelo teste do INMETRO e acabei passando cheque #QuemNunca. 



Leia Mais ►

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

TEMPORADA EM SÃO PAULO

Andar de transporte público, às vezes, pode até ser divertido. Ainda é difícil de me sentir seguro andando de ônibus circular, e desta vez só fiz isso, pois meu amigo me acompanhou e fez questão de eu ter um dia assim, "normal". 

Era pra estar escrito: Cuidado com degrau
Fiquei admirado com a criatividade do povo paulistano por mudar o letreiro do painel! Lembrei da Cindy Lauper e imaginei como ela agiria dentro de um transporte público. O máximo que fiz foi limpar o banco pra eu sentar. Pode parecer estranho, mas fiquei com nojo (prefiro metrô).


Tô achando interessante esses dias aqui em Sampa. Já percebi que andar de táxi na cidade não rola. Além de ter um trânsito intenso, a maioria dos taxistas são tão pilantras quanto os do Rio De Janeiro. Metrô é mais barato (não dá pra ser roubado pelo maquinista) e bem mais rápido.

Se alguém quiser um bate-papo, me chame! 





Leia Mais ►

sábado, 28 de novembro de 2015

SÃO PAULO


Olha, demorou, mas o dia chegou. Depois de quatro anos conversando com o após me conhecer através de meu blog, acabei conhecendo pessoalmente alguém que se tornou muito especial e um grande amigo pra mim, o Gringo. Esse tempo todo foi uma experiência e tanto pra mim, ter que conversar e apenas ouvir a voz de alguém que você não tinha ideia de como era fisicamente. Não fazia questão disso, era apenas curiosidade. São quatro anos conversando e trocando mensagens diariamente, diga-se de passagem, que este é meu “relacionamento” que durou mais tempo.



Estive por São Paulo e tive o prazer de conhecê-lo e passar uns dias com ele. Sempre atencioso, me levou para jantar e me mostrou a parte histórica da cidade que eu ainda não tinha desbravado.

Aqui tem uma postagem antiga que fiz quando o conheci (leia aqui). Eu sempre brinco com ele dizendo que só gosto e ficaria com ele, por ser gringo (e é verdade! Tenho um fraco por estrangeiros). Mas não tenho palavras pra dizer o quanto importante foi esse encontro e ficar perto dele.

Leia Mais ►

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

E O MEDO DE AVIÃO CONTINUA...

Eu acredito em sinais. Sabe aquela sensação de que vai acontecer algo e que te impede de sair de casa? Então, eu acredito e o medo que sinto impede que eu faça. Quando estava prestes a comprar minhas passagens aéreas de Curitiba para São Paulo, várias coisas aconteceram para que eu não comprasse:

Primeiro - Não consegui comprar a passagem: Isso pra mim já foi um sinal do tipo: Deus não quer que você viaje, então não vá.
Segundo – Meu amigo me manda mensagem dizendo que teve sonho estranho comigo: Puta que pariu, ele me disse que sonhou comigo e que foi estranho. Isso só fortaleceu para que eu não fosse. Até passei no aeroporto pra ver os voos e se não achasse um bom, era um sinal mesmo para eu não ir.
Terceiro - Não achei o voo: Diretamente no aeroporto e não ter o voo que me favoreça? Gente, é um sinal.

Acabei saindo de Curitiba de ônibus e acabei indo mais relaxado do que se tivesse num avião. Eu sei, já voei várias vezes, mas não me acostumei ainda com os novos sons que sempre ouço num avião. Qualquer barulho novo eu sempre acho que ele vai cair. Sem contar a pobreza do “lanche especial” que eles servem no avião pra gente (dois dedos d’água e um Cream Cracker). Fala sério, a primeira classe pra Dubai a comida é de verdade.


Tem um vídeo do Paulo Gustavo que fala EXATAMENTE como eu me sinto quando estou dentro de um avião. Vale a pena conferir, pois é muito divertido!





Leia Mais ►

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

PÉ NO MUNDO!

Estava conversando com um garoto que conheci quando estava em Curitiba e ele acabou me despertando um enorme desejo de sair pelo mundo (mas não da forma que eu estou acostumado: sentado numa poltrona de avião ou táxi). Ele me diz que estava planejando de virar “mochileiro” (esses loucos corajosos que saem pelas estradas pedindo carona até chegar a seu destino). Ele me falou de uma forma tão gostosa, que comecei a pesquisar sobre o assunto e colocar meus pés na estrada. Ele comentou sobre amigos que saíram de Curitiba com pouco dinheiro e atravessaram o país com a grana no bolso, só pedindo carona e recebendo ajuda de pessoas que encontrava pelo caminho. Eu achei superinteressante fazer algo do tipo e já mobilizei alguns amigos mochileiros que tenho para ir comigo. O problema é que eles recusaram, pois estão trabalhando e não podem fazer tal aventura.

Sabe aquele frio na barriga de ansiedade em querer fazer algo louco e ao mesmo tempo tão normal? Estou sentindo agora.

Se tiver alguém me lendo e que tenha o mesmo espírito aventureiro e esteja a fim de fazer isso comigo, por favor, entrem em contanto me mandando e-mail ou até mesmo mensagens. Vou adorar conhecer pessoas assim para uma longa jornada.



Boa noite, me escrevam!


Leia Mais ►

domingo, 15 de novembro de 2015

CURITIBA - AMO CADA VEZ MAIS O PARANÁ!

Já tive muitas recepções calorosas, mas igual a que tive em Curitiba, foi diferente. Como todos sabem, semana passada estive pela cidade, que da última vez que fui, fiz um bate-volta. Desta vez aproveitei muito mais a cidade, e a minha companhia. O Dan foi minha companhia na cidade e fez com que tudo fosse perfeito. Não só os passeios, mas principalmente pela presença e simpatia desta pessoa. Assim que chego, ele me pega no aeroporto e me leva para o "Ritual do Charuto", coisa que eu nunca tinha experimentado e acabei gostando. Ali na sala da tabacaria, tivemos a chance de conversar melhor e nos conhecermos enquanto fumávamos um charuto.


O Dan conseguiu agir de forma diferente dos milhares que me procuram. Ele soube ser gentil, educado e muito culto quando me manda uma mensagem. Estou tão cansado de receber sempre as mesmas coisas, que quando vi sua mensagem de forma tão gentil e amável, fiz questão de ligar pra ele na mesma hora. 
Depois da tabacaria, ele me leva para um restaurante argentino maravilhoso! Um vinho do bom, comida excelente e um papo super agradável. Ganhei meu dia quando o conheci! Ele soube me tratar como um rei. 



Leia Mais ►

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

GAROTO DE PROGRAMA CELEBRIDADE DA INTERNET


As pessoas que me procuram ultimamente têm massageado muito meu ego. Eles falam e me tratam como se eu fosse uma "celebridade da internet", algo tipo Bruna Surfistinha (só que sem o filme). Eu fico numa felicidade tão grande quando sou procurado para dar ajuda, conselhos ou só para que possam dizer o "quanto foda eu sou", que fico imaginando uma forma de poder reunir todo mundo num lugar e agradecer pelo carinho! São pessoas que procuram ter todo o cuidado quando vão me receber, deixando tudo em ordem para que eu possa ficar bem acomodado, que até hoje, só Madonna tem esse tipo de tratamento tão VIP.

Galera do mundo todo (até Japão me acessa), muito obrigado pelos e-mails,  mensagens, ligações e todas as formas de atenção que vocês me dão. Sério, estou muito feliz com isso e fico sem palavras para agradecer tanto carinho. E muito obrigado pela força para que eu termine meu livro. Tem pessoas mais ansiosas do que eu mesmo pra que ele seja lançado. Enquanto isso, vejo vocês aqui no blog e nas minhas redes sociais.

Galera de Curitiba, neste sábado estarei fazendo presença por aí! Um beijo pra vocês e até daqui a pouco!

#HiagoWaldeck


Leia Mais ►

domingo, 1 de novembro de 2015

A FAMA ME FEZ BEM, E A FAMA ME FEZ RICO!

Neste verão eu decidi fazer algo diferente.... Estilo Luísa Marilac : E teve boatos de que eu estava na pior.




Bom, estou em Arraial do Cabo, esfriando minha cabeça nestas águas frias, mesmo quando a temperatura está quente. Aqui me sinto em casa!
Esta semana tô pensando em dar uma passada por São Paulo. Terá o lançamento e noite de autógrafos do livro da TOP Gisele Bundchen e estou louco pra ir, pelo menos tentar chegar perto dela pra ter o autógrafo. Mesmo que não consiga, esta semana estarei em São Paulo. Por enquanto, tô muito bem por aqui.

Minha autoestima está no topo, conheci tanta gente bonita por aqui, que eu fiquei até desconfiado. Sério, cheguei aqui na Sexta-feira,  dia 29, e só conheci pessoas de alto nível (tanto social quanto de beleza). Hoje mesmo, a vontade de transar foi tanta, que subi um morro numa praia com o Pauzudo, só pra tocar uma punheta pro outro. A subida cansou, mas fazer aquela sacanagem valeu muito a pena. De quebra, ainda tomamos um banho de mar juntos, enquanto ele me confessava que adora fazer uma sacanagem, independente de quem seja ou onde for. Gosto desse tipo, pessoas que sabem o que querem e não fazem rodeios.



Leia Mais ►

sábado, 17 de outubro de 2015

DO LIXO AO LUXO - A VIDA FÁCIL

Já estava bêbado com meus bons drinks

A vida é curta demais pra se preocupar com os outros e perder tempo tendo raiva. Por isso, nesses últimos dias, tenho gastado meu rico dinheirinho fazendo coisas que vão me trazer felicidades!  Estou em clima de férias, apenas vivendo o momento e curtindo tudo que o dinheiro possa oferecer.

Andei indo para vários lugares (veja meu Instagram) e nesta semana minha última parada foi em Angra dos Reis, no resort Meliá (o de Cancun é fantástico!).



Boa noite!


Leia Mais ►

sábado, 26 de setembro de 2015

CURANDO A DEPRESSÃO NO MAR DE ANGRA


Na quinta-feira eu tinha passado um dia um pouco deprimente. Estava me sentindo muito mal, e nem um pouco a fim de ficar sozinho. Tô saindo com uma pessoa que está sendo muito boa pra mim. Em pouco tempo se tornou especial, pois com ele estou aprendendo a gostar de muitas coisas no sexo e descobrindo um mundo novo. Este sentimento começou a me incomodar, me deixando confuso, enciumado, sei lá!  Cheguei em casa era quase  23 hrs,  então resolvi sair pra curar está deprê! Sem perder tempo, arrumei a mala, liguei pra minha prima (companhia nos últimos tempos) e fui para Angra dos Reis. Passaria um dia de sol na praia, tomaria banho de mar e sentiria menos falta da "pessoinha" que está mexendo comigo.  Até que deu certo, pois me diverti muito e me afundei na caipirinha (estou achando melhor que champanhe francês) e fiquei mais alegre. Só que depois do álcool subir pra cabeça, fiquei depressivo novamente e a saudade bateu ainda mais forte.

Era só o que me faltava, um garoto de programa apaixonado! Eu tentei bloquear este sentimento, quando estávamos no hotel em Angra, um dos funcionários começou a mostrar interesse na minha pessoa, e eu como sou descarado, flertei de volta. Enrolamos um pouco, despistamos as pessoas próximas e ele me dá sinal para segui-lo. Fomos num quarto vazio do hotel onde acabamos ficando. Eu achei que ele fosse somente passivo, pois tem um jeito bem delicado. Mas depois de comê-lo, acredita que ele ainda saca seu pinto pra fora da calça e me come! Putz, muito bem servido!

Ah, eu gostei, foi bom, mas isso só me fez ver o quanto eu tô gostando e me importando com o outro. Exatamente tudo que eu não queria agora!  O que eu faço? 
Leia Mais ►

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

TRINDADE, UBATUBA E ANIVERSÁRIO

Esta semana foi intensa! Aproveitei muito minha ida até Trindade com meus primos. Um fato curioso que acontece, é que não sou fumante, mas quando chego na cidade, fico louco de vontade de fumar cigarro! Coisa que eu acho feio, ultrapassado e brega, mas acabo fumando.



O dia 22, foi meu aniversário! É, são 28 anos de muita sabedoria hahaha. Tô me sentindo um  idoso, só que mais conformado. Já que não posso parar no tempo mesmo.  Meu aniversário passei em Ubatuba, mesmo lugar onde fiquei ano passado. O mais animador, são as pessoas se recordando de mim. Me sinto mais em casa assim.




Gente, faz uma semana que tô terminando este post e nunca sai. Pelo jeito, hoje também não. Tô em Angra dos Reis agora, cheio de sono! #FuiDeCama
Leia Mais ►

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

EU SOU MAIS EU!



Esta semana quando estava em São José dos Campos, fiquei pensativo no que eu faria no dia do meu aniversário, dia 22 de setembro. Ano passado eu havia ido para um resort, mas e neste ano? O que vou fazer? Viajar pra Buenos Aires e passar com meus amigos por lá, jantar para pessoas bem íntimas no Copacabana Palace, etc... Tô pensando em muitas coisas, mas não decidi nada.

A única coisa certa, é que não vou ganhar muitos presentes. Desde já, ouço meus amigos falando: “me desculpe, mas você gosta de coisas caras e não vou ter dinheiro pra te dar presentes”. É sempre a mesma desculpa. Se dado de coração, pode ser até uma camisa da 25 de Março que vou aceitar. Não vou usar, claro, mas vou deixar guardado, como muitos presentes simples de amigos meus. Enquanto não me decido da minha vida no dia do meu aniversário, vou relaxando e cuidando de mim.
 Resolvi me dar um tempo para cuidar melhor do meu corpo, que tá beeem judiado. Tô dando uma recauchutada pra ficar com tudo em cima. Assim relaxo e esqueço desse povo que me segue.


 Gente, tem me aparecido tanta gente chata e sem noção, que tá desanimando, viu. Ainda bem que tô andando preparado. Pelo menos uns tiros pro alto pra assustar eu vou dar.
  • ·         É secretário de colégio público se achando a beldade e me xingando pra aparecer.
  • ·         Meu cliente, ex-dono de posto de combustível que hoje em dia trabalha como funcionário público agindo com arrogância, como se o dinheiro que ele TEVE (no passado), ainda faz efeito e o faz alguém importante pra sociedade.
  • ·         Agora, o campeão de reclamação são de mulheres me ligando e até me ameaçando por descobrir meu envolvimento com seus maridos. Sério, eu fico com pena de uma pessoa assim, que não tem noção e acha que vai se sentir melhor partindo pra arrogância. Eu acho que pessoas assim devem voltar para a escola, pra ver se aprendem a ter educação.


Bom, vou dormir. Acabei de sair com alguém que veio fedendo a maconha! Hello, paguei caro nessa minha roupa de cama e agora vai pro lixo. #OssosDoOficio. 


Leia Mais ►

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

DE OLHOS BEM FECHADOS



O feriado de 7 de setembro acabou sendo especial pra mim. Tudo perfeito. Estava em São José dos Campos, hospedado num hotel maravilhoso na suíte presidencial. O tempo não colaborou, mas não atrapalhou de eu ter ficado bem acompanhado. Conheci alguém com muito estilo, com seus quase quarenta anos e muito charmoso. Seu carinho começa quando me deito em seu colo, ainda na sala de estar da minha suíte, ele começa a me beijar, trocando saliva e acariciando meu rosto. Experimentei um lado do sexo que ainda não tive coragem de fazer com outros. Experimentei a sensação de ser livre e fazer tudo que seria proibido pela sociedade como sendo algo repugnante.

Sem mais detalhes, ou serei banido. Mas foi algo de tão acordo entre as duas partes, que o tesão acabou sendo maior, por fazer algo tão absurdo e por estar ao lado de uma pessoa tão maravilhosa.




Leia Mais ►

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

TROLANDO UM GAROTO DE PROGRAMA

Será que as pessoas acham que sou tão burro ao ponto de não perceber que estão sendo meus "amigos" apenas por interesse? Tenho muitos amigos que gostam de mim pelo que sou, mas outros, apenas pelo que tenho. Aí me perguntam: por que mantém contato com esse povo? Eu respondo: pessoas interesseiras são como lixo que a gente guarda achando que algum dia vai servir para alguma coisa. Eu tô esperando esse dia chegar e essas pessoas começarem a servir.

Este foi cômico. Um garoto de programa descobre que tenho mais do que ele ($$$) e tenta investir nesta "amizade". Disse a ele  que estava me preparando pra viajar e ele fica louco quando descobre que viajo de táxi ou avião. Acho muito engraçado a cara de assustado quando a pessoa fica tentando fazer o somatório de uma corrida de táxi de Resende até Cabo Frio das vezes que viajo. No fim das contas, ouço a mesma piada: nossa, foi de táxi pra tal lugar?! Tu tá rico?!!!

Este garoto de programa tenta se incluir na viagem, alegando que por eu ter dinheiro,  não vai me custar nada pagar a parte dele. Nossa, quanta inocência, deu até pena.

A pressa de escrever e acabei errando.

Acredita que ele ficou emburrado ainda? Pode um negócio desse? Por isso eu sempre comento: tô dando mais valor naquelas pessoas com a conta bancária igual ou superior a minha. Dá menos problema na hora de pagar a conta.




Leia Mais ►

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

VALE DO PARAÍBA: CORRIDA DE KART


Hoje acordei com o corpo todo dolorido por ficar encolhido no kart, mas valeu muito a pena. A pista do kartódromo de Guaratinguetá é excelente! 

É, descobri que um cartão de crédito sem limites na mão de uma "criança" pode se tornar um grande brinquedo. 





Nossa, o motorista que nos levou (eu e minha amiga), além de lerdo, é muito tonto. Deixei ele encarregado de tirar fotos enquanto eu pilotava. Ele tirou 288 fotos e nenhuma delas ficaram boas! Não apareci em nenhuma foto! O jeito foi um dos funcionários do lugar ir atrás de mim num kart e ir tirando fotos. Ficaram bem legais.

Bom, fui de cama... #Folga 


Leia Mais ►

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

CABO FRIO / ARRAIAL DO CABO - VIVER OU ACUMULAR?


Não vejo a viagem pra mim como algo luxuoso, mas sim uma necessidade de sair, conhecer lugares e pessoas diferentes. Como todos sabem, desde pequeno sempre tive o sonho de sair pelo mundo e conhecer culturas diferentes, coisas que só tive a oportunidade de fazer depois de me tornar garoto de programa. Viajar é lavar a alma e aprender com o mundo. Mais uma vez retornei a Arraial do Cabo. Um dos meus lugares prediletos no Brasil. ( Veja fotos no meu Instagram).



Tenho muitos amigos com dinheiro que não conseguem gastar com seu lazer. Acham que com esta crise que o Brasil enfrenta, eles podem sair prejudicados, mesmo sendo pessoas com um poder aquisitivo muito alto. Ok, entendo e respeito a decisão deles. Eu também não pretendo voltar a passar fome, por isso tenho minhas reservas e administro muito bem meu dinheiro para que eu não o perca. Tendo uma vida instável, não vou ficar pobre por viajar.

Isso me faz lembrar de uma história que eu acho linda, de um rapaz que deixou tudo de lado pra ser feliz viajando.


VOCÊ VIVE OU ACUMULA?


 Um jovem advogado foi indicado para fazer o inventário de um senhor recém falecido. O homem não tinha herdeiros ou parentes vivos. Suas posses eram muito simples. O apartamento alugado, um carro velho, móveis baratos e roupas puídas.
O advogado surpreso, pensou: “Como alguém passa toda a vida e termina só com isso?”
Então, anotou todos os dados e, ia deixando aquela casa, quando viu um porta-retratos sobre um criado mudo. Na foto estava o falecido, ainda era jovem, sorridente, ao fundo, um mar muito verde e uma praia repleta de coqueiros. À caneta estava escrito bem de leve no canto superior da foto: “Sul da Tailândia”.
Surpreso, o advogado abriu a gaveta do criado e encontrou um álbum cheio de fotografias. Lá estava o homem, em diversos momentos da vida, em fotos de todo o canto do mundo.
Na última página do álbum havia um mapa de quase todos os países do planeta marcados com um asterisco vermelho, indicando por onde o homem tinha passado. Escrito à mão na altura do meio do Oceano Pacífico tinha uma pequena poesia que dizia: “ Não construí nada que me possam roubar. Não há nada que eu possa perder. Nada que eu possa trocar. Nada que se possa vender. Eu que decidi viajar. Eu que escolhi conhecer. Nada tenho a deixar porque aprendi a viver”.

LIÇÃO DE VIDA:

Tem gente que passa a vida acumulando coisas materiais e se esquece de viver. Se esquece de ser feliz.


Leia Mais ►

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

CONFISSÕES DE UM GAROTO DE PROGRAMA

Minha vida ultimamente tem se parecido muito com a personagem do filme Confissões de Uma Garota de Programa, onde ela desabafa com seu taxista os encontros com clientes. Arrumei um parceiro bem parecido, onde ele gosta de saber os detalhes de cada encontro, tira suas dúvidas e ainda me relaxa, para que eu tenha uma grande noite.


Muita gente fala que não existe o termo “ex-garota (o) de programa”. Será que isso se encaixa para ex-traficante ou bandido? Meu encontro em Taubaté foi com um ex-traficante, que hoje em dia acabou se tornando usuário e desfruta de tudo que conquistou com o tráfico. Nunca tive contato direto com drogas pesadas, apenas (infelizmente) tive que presenciar pessoas usando perto de mim. Meu cliente tem nome de anjo e uma alma boa. Me senti incomodado quando ele fuma (cheira, sei lá) crack perto de mim. Era algo que eu não desejava ter visto. Eu consegui enxergar muito além daquela imagem de uma pessoa agitada, por ter acabado de inalar substâncias químicas, consegui ver uma pessoa brilhante com um futuro maravilhoso pela frente, mas que precisa se livrar de certos vícios para que isso se concretize. Naquele momento não era o garoto de programa ali presente, mas um psicólogo, ou um amigo preocupado em ver um rapaz de 26 anos naquela situação. Nessas horas minha mente fica perturbada e começa a acumular tudo de ruim que presenciei. Vêm aquelas imagens e várias coisas que vi e ouvi.


Este é um mundo muito difícil, que só os fortes sobrevivem. A prostituição não é um mar de rosas. Mesmo quando você muda de fase e passa a ser considerada uma pessoa glamorosa, você acaba convivendo com a realidade de um mundo de pessoas com mentes perturbadas. Se eu contar detalhes de tudo que eu presenciei, vocês vão achar que praticar necrofilia é a coisa mais normal do mundo. Coisas que, infelizmente o mercado negro acaba facilitando para a realização de fantasias macabras para muita gente, como por exemplo, o dia que meu cliente estava ansioso pela compra de um corpo mutilado para usar como boneca inflável. 


Leia Mais ►

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

UBATUBA - POSSO FALAR??? TÔ RICO!


Esta minha última viagem não “valeu
muito”. Fui passar um dia no resort em Ubatuba, o mesmo resort que eu fiquei ano passado no meu aniversário. Pra começar, saí de casa um pouco tarde, e o horário previsto para chegar lá era entre 11hrs e 11h30m.  Acabei chegando às 13hrs, pois o motorista se perdeu no caminho. Não gostei, pois não ia aproveitar como eu queria. No fim, acabei relaxando quando fui andar de kayak. A força braçal e contemplar o verde ao meu redor, foi uma terapia.




O Aeroclube de Resende está precisando URGENTEMENTE de um táxi aéreo, pois seria uma mão na roda pegar um helicóptero e ir para Ubatuba. Facilitaria muito a minha vida (e de quem gosta de comodidade).


Muita gente tem me ligado perguntando se já cheguei a me aposentar e parar de fazer programa. Gente, ainda estou na ativa, a única diferença é que, depois que entrei nessa vida e selecionei tanto meus clientes quanto meu grupo de amigos, estou numa fase boa, onde não preciso mais de dinheiro como antigamente. E as poucas pessoas com quem saio durante a semana, o cachê que eu ganho é tão significativo que não preciso trabalhar o restante da semana. Dois ou três programas por semana estão sendo suficiente para que eu continue mantendo esta vida de viagens e compras. Como isso? As pessoas com quem saio hoje em dia são importantes e conseguem ver o meu valor, não como prostituto, mas como pessoa. Acabo ganhando sempre uma grana a mais. Uma bela grana!

A única coisa que não está dando muito certo, é ter que “aturar” milhões de garotos querendo entrar na vida e me pedir ajuda. Eu até ajudava, quando as mensagens que recebia eram poucas e eu conseguia dar conta. Mas hoje em dia, meus amigos virtuais aumentaram e quando não os respondo, eles me xingam. Aí não dá, pois não estou sendo pago para isso. Então, resolvi ajudar qualquer um a ser garoto de programa, mas vou cobrar para dar consulta, mesmo que seja por telefone.


Boa noite. . . #HiagoWaldeck





Leia Mais ►

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

ANGRA DOS REIS BEACH


Juro, estava cansado de viajar. E para poder relaxar, resolvi viajar novamente. Vim para Angra dos Reis, pois necessitava renovar minhas energias, fazer passeio de lancha e conhecer mais algumas ilhas. Como sempre, foi outro dia perfeito! Como a maioria das pessoas estavam trabalhando hoje, acabei ficando com algumas praias e ilhas só pra mim.

Sabe o que eu percebi? A cidade de Angra é uma cidade de interior e as pessoas daqui são meio que “caipira”, sabe?  Não, não estou ofendendo, eu até que acho bonitinho. Estava observando algumas pessoas conversando (coisas sem nexo) e cheguei a essa conclusão. Um povo um pouco ingênuo. Mas nem todos.



Hoje na volta do passeio, o mar estava um pouco agitado e minha lancha sacudia e batia com muita força na água. O impacto estava sendo tão forte, que parecia que a lancha ia se partir ao meio. Sim, sou medroso e tenho medo de tudo hahahaha. Fiquei com medo do barco virar. Eu não sou bom nadador, e quando não sinto meus pés tocarem o fundo d’água, eu me desespero e não consigo controlar a respiração. Engulo muita água. Isso que me fez senti medo. Mas foi tudo bom, a lancha não virou.





Leia Mais ►

O PESO DA IDENTIDADE SECRETA

A pior coisa da profissão é ser obrigado a fazer tudo às escondidas, viver uma vida dupla por causa da proibição, do estigma e do preconceito.

Eu realmente gosto do que faço. Tenho tesão em transar com estranhos, curto a adrenalina de sair de um quarto e ir para o outro e degustar o que me espera. Quero fazer sexo todos os dias. Eu gostaria de poder falar para todo o mundo o que eu faço, mas, na sociedade em que vivemos hoje, isso não é possível. .
Enfim, é difícil que a família e os amigos apoiem ou mesmo entendam essa escolha, então, a maioria dos garotos de programa precisa ser como um agente secreto – o que pode dificultar bastante a vida.
Leia Mais ►

terça-feira, 4 de agosto de 2015

SALVADOR, O RETORNO!



Ah, Salvador! Não me canso de ir nesta cidade maravilhosa com pessoas maravilhosas. Tem muita gente que insiste em dizer que a cidade é fedida. Mas com a empolgação que eu tenho quando vou pra lá, só vejo o lado bom da cidade. Desta vez levei um primo comigo, um garoto ainda, 18 anos. Vi este menino nascer, peguei no colo, e hoje, o vejo como um sobrinho. Ele não conhecia Salvador, então o levei. Fiquei com medo de ele não gostar e não ver a cidade com os mesmos olhos que eu a vejo.


Igreja do Bonfim - Bahia

Só faltou eu conhecer o Morro de São Paulo, que ainda não tive tempo de ir, e mais alguns poucos lugares, pois o meu guia/taxista que sempre me acompanha de todas as vezes que vou lá, sempre tem muita coisa para me mostra, e acaba não dando tempo de outras.


Ele se empolga tanto para mostrar a cidade, que mesmo estando eu e meu primo morrendo de fome, ele insiste em mostrar outros lugares, para não “perdermos a viagem” hahaha. Pena não ter conseguido ir ao Mercado Modelo desta vez. Sempre tem muita coisa bacana 




Já sinto falta do Pelourinho!



Leia Mais ►

sexta-feira, 31 de julho de 2015

VISCONDE DE MAUÁ



Ultimamente tenho me aproximado bem mais de minha família, coisa que há um certo tempo eu ABOMINAVA! Ainda me mantenho firme no pensamento de ficar perto de pessoas com energia positiva, aquelas que não vão me sugar e me trazer cargas negativas, como alguns familiares e amigos que eu tinha contato. Fui à Visconde de Mauá visitar a parte boa da família. Além de ter um primo com chalés por lá, fui visitar minha tia/mãe que veio de São Paulo. Minha tia é perua igual a mim. Gosta de jóias e ouro. Tá no sangue. Comprei para ela um conjunto de brinco, cordão (que sem querer arrebentei) e anel de ouro e todos com diamantes. Lindo, lindo, lindo!



Como sempre, momentos na casa do meu primo foi maravilhoso! Aquele lugar é incrível, aconchegante e tem um rio que passa no quintal da casa dele que eu amo.




Leia Mais ►