12 maio 2017

GUARUJÁ - COMER, AMAR E REZAR


GUARUJÁ  - Praia da Enseada

Acho que viagem assim, além de limpar nossa mente nos fazendo pensar melhor, acaba sendo uma terapia para nossa alma.  Enquanto caminhava pela Praia da Enseada, pude contemplar a vista e pensar melhor no que quero pra minha vida. O melhor de ir numa praia em dia de semana é que ela se torna exclusivamente sua, sem mais ninguém.

Estou quase chegando à casa dos 30 anos, tenho a vida que pedi a Deus e mesmo assim não me sinto feliz com isso. Me sinto confuso, com medo e às vezes triste. Minha ida até Guarujá me fez ver que estou vivendo como a personagem do filme Comer, Amar e Rezar, que conta a história de uma mulher bem sucedida e mesmo assim não está feliz com sua vida e resolve viajar pelo mundo.  Assim, quis explorar a arte do prazer na Itália, a arte da devoção na Índia, e, na Indonésia, a arte de equilibrar as duas coisas.

Acima de tudo, acho que preciso colocar minha cabeça em ordem. São tantas coisas acontecendo (na maioria coisas boas) e acaba sobrecarregando de informações. Preciso urgentemente de um tempo para meditação à procura da minha paz interior.  Acho que só assim ficaria feliz e realizado com tudo que conquistei na vida.


Bom dia :-) 




Anterior Proxima Página inicial

Um comentário:

Fala que eu te escuto